Exposição de Gênesis 7: O Juízo vem, acorde!

I – INTRODUÇÃO:

No homem que vive longe de Deus existe uma grave ilusão: A crença de que afinal o juízo de Deus não virá sobre sua vida. Muitos acalentam isso dentro de si afogando toda a voz da própria consciência. Mas desejo de todo coração retirar você que ler este estudo de toda esta ilusão. Preciso dizer-lhe que se você não se arrepender e voltar-se para Deus, em breve o Senhor lhe chamará para prestação de contas, e creia-me: Você não gostará nem um pouco disso! Meu amigo e amiga, vamos estudar a história do Dilúvio que é um sério alerta a todos nós e que Deus seja gracioso conosco!

II – OS ÚLTIMOS PREPARATIVOS (Gn 7:1-9):

Temos refletido sobre a corrupção que campeava nos dias de Noé. No entanto aquele homem pela graça de Deus era justo em meio a toda essa impiedade (verso 1). O Senhor dá a Ele as ultimas instruções sobre os animais e a sua entrada na arca com a família, afirmando que em sete dias o dilúvio viria. Noé, como um homem justo, homem que andava com Deus, obedeceu a Deus fielmente. Aliás, como vimos no capítulo 6, Noé estava sempre procurando seguir as instruções de Deus. Existem algumas coisas aqui que creio são importantes destacarmos:
A – Deus é fonte de toda a esperança de salvação: A impiedade era geral, mas ainda assim um homem foi salvo juntamente com sua família. Não pensemos que agora é diferente, pois ainda hoje Deus está salvando um povo para si mesmo em meio a impiedade atual. Esta é a fonte de toda a nossa esperança e consolo. A pouco tempo eu conversava com um querido irmão sobre a dificuldade de encontrarmos interesse nas pessoas pelo Evangelho. Comentávamos então que quando olhamos para o ser humano com sua indiferença e dureza acabamos por ficarmos tristes. No entanto nos alegramos e nos enchemos de esperança quando olhamos para Deus em sua graça sobre seu povo. Sim amigos, não importa a impiedade geral. Podemos continuar pregando o Evangelho sabendo que Deus apesar de tudo está chamando um povo para si. Os que são Dele virão e serão salvos!
B – Os que são de Deus ficam firmes na santidade mesmo em meio a impiedade geral: Este aspecto está ligado ao anterior. Os propósitos e Deus são irrevogáveis, de forma que quem é de Deus não será levado pelas ondas da da impiedade geral. Neste ponto devemos analisar-nos, pois dentro da evangelicalismo contemporâneo muitos se dizem salvos sem no entanto demonstrar que não estão se contaminando pelo mundo ímpio. Como alguém pode dizer que segue e Cristo e ainda continuar vivendo como um ímpio? Noé contradiz esse pensamento. Ele foi justo em meio a uma geração má. Uma igreja afirma que é de Deus? Então prove pela vida santa e incontaminada pelo mundo (Tg 1:27), e não por qualquer outra coisa, como milagres ou multidões de agregados, por exemplo.

III – VEM O DILÚVIO (Gn 7:10-24):

Finalmente vem o Dilúvio, ou seja, Deus derrama seu juízo sobre os ímpios em forma de grande quantidade de águas. Era água por cima e água por baixo (verso 11), mas Noé, sua família , e os animais que o Senhor trouxe foram salvos. Houve copiosa chuva por quarenta dias e quarenta noites (verso 12) e o Senhor fechou a porta da arca. Deus cuidou de tudo até o final, pois o Senhor é Fiel. Quanto aos ímpios todos pereceram juntamente com os animais que não entraram na Arca, até os montes mais altos foram cobertos (sete metros acima deles, mais ou menos). E as águas prevaleceram por cento e cinqüenta dias. Tudo morreu, nada resistiu, não sobrou nenhum ímpio. Analisemos dois aspectos que brotam destas ações de Deus, em especial pelo fato de que foi Ele quem fechou a porta:
A – Deus protege os que são seus: Ele fecha a porta e guarda a Noé e sua família de experimentar a manifestação de seu juízo. Sobre Noé está a graça de Deus (Gn 6:8). Ora meus amigos, a fidelidade de Deus é a garantia de que aqueles que são Dele não receberão a condenação, eles não se perderão, nunca apostatarão. Aqueles que se perdem depois de terem passado um tempo em meio ao povo de Deus, na verdade nunca foram deste povo (I Jo 2:19).
B – Quem ficou de fora após Deus ter fechado a porta não pôde se salvar: Se é verdade que quem é de Deus não perde a salvação, também é verdade que sem Ele ninguém será salvo. Fora da graça de Deus só existe o juízo de Deus. Assim podemos afirmar, que aqueles que estão fora de Cristo não serão de forma alguma salvos (At 4:12). E isso se aplica tanto aos não cristãos como aos falsos cristãos. Isso deveria nos fazer estremecer e nos levar a pergunta: De fato cremos em Cristo.
C – o Juízo virá com certeza sobre os ímpios: Não se pode seguir a ilusão do pecado. Muitos estão dormindo sobre uma mina explosiva sem se dar conta. Crêem que Deus não os condenará e que de alguma forma encontrarão salvação mesmo permanecendo em seu pecados. Muitos acham que são espertos podendo enganar a Deus. Outros crêem em seus méritos e religião, e não em Cristo. Outros ainda duvidam de tudo o que a Bíblia diz sobre o assunto, chegando até a duvidar da existência do próprio Deus. E há além destes os que se sentem muito ocupados para pensar nisso tudo. Mas baseado na Escritura eu alerto a todos estes: Acordem! Ouçam estas palavras de Cristo:
Interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, Jesus lhes respondeu: Não vem o reino de Deus com visível aparência. Nem dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está! Porque o reino de Deus está dentro de vós. A seguir, dirigiu-se aos discípulos: Virá o tempo em que desejareis ver um dos dias do Filho do Homem e não o vereis. E vos dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está! Não vades nem os sigais; porque assim como o relâmpago, fuzilando, brilha de uma à outra extremidade do céu, assim será, no seu dia, o Filho do Homem. Mas importa que primeiro ele padeça muitas coisas e seja rejeitado por esta geração. Assim como foi nos dias de Noé, será também nos dias do Filho do Homem: comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e destruiu a todos. O mesmo aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; mas, no dia em que Ló saiu de Sodoma, choveu do céu fogo e enxofre e destruiu a todos. Assim será no dia em que o Filho do Homem se manifestar. Naquele dia, quem estiver no eirado e tiver os seus bens em casa não desça para tirá-los; e de igual modo quem estiver no campo não volte para trás. Lembrai-vos da mulher de Ló. Quem quiser preservar a sua vida perdê-la-á; e quem a perder de fato a salvará. Digo-vos que, naquela noite, dois estarão numa cama; um será tomado, e deixado o outro; duas mulheres estarão juntas moendo; uma será tomada, e deixada a outra. Dois estarão no campo; um será tomado, e o outro, deixado.” (Lc. 17:20-36).
Jesus nos alerta a respeito do fato de que sempre os ímpios estão descuidados, não se preocupam com a vinda do juízo de Deus. Eles fazem de tudo: Compram, vendem comem, bebem, casam, enfim estão em muitas atividades e distraídos, e então, como foi no tempo de Noé, o Juízo os toma de surpresa. Assim será na volta de Cristo, assim é quando um ímpio morre. Assim eu lhe alerto: Acorde, arrependa-se e corra em fé para Cristo enquanto há tempo, e se não o fizer o juízo te surpreenderá, mas se houver fé e arrependimento em seu coração, a graça salvadora já operam em você! Oh arrependa-se!

IV – CONCLUSÃO:

Assim como foi no Dilúvio, assim será em breve: O Senhor trará o juízo sobre todos os ímpios, os rebeldes que desafiam a Deus. Mas, louvado seja Deus: Os que Ele salva jamais serão condenados, e estes são os que se arrependem e crêem em seu Filho, pois a eles Deus se agradou em salvar e derramar sua graça, são os seu eleitos. A estes Ele fecha a porta depois que entram, como o fez com Noé!

Pode ser copiado e distribuído livremente, desde que indicada a fonte, e não seja modificado o conteúdo!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Exposição de Gênesis 11: O projeto fracassado e o projeto vitorioso!