Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2010

Exposição do Evangelho de João: O Verbo é recebido pelos que nascem de Deus! (Primeira parte).

O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. (Jo 1:10-13)


I – INTRODUÇÃO:

Os homens e as mulheres gostam de pensar muito bem de si mesmos. Gostam de crer que estão em boa situação até diante de Deus. No entanto a Palavra de Deus é extremamente realista com relação a nossa situação. Mostra que o pensamento anterior não passa de uma perigosa ilusão. Diante das Escrituras todo o engano cai por terra. Isso de fato é muito doloroso. Mas é único meio de sermos sarados. Peço que você a medida que lê este texto reflita em seu estado, como também, no estado daqueles que você ama. Permita que a Palavra de Deus mostre como o homem por si só, e portanto você também, reage diante da revelaçã…

Soberania Divina e a Segurança do Cristão – Manoel Coelho Jr.

não temais; estai quietos e vede o livramento do Senhor” Ex 13: 13.

Qual a base de nossa fé? A Bíblia Sagrada nos ensina que o Senhor Deus é absolutamente Soberano. Ou seja, os seus planos não serão frustrados. O que Ele decide e determina isso fará, e é isso que ocorrerá. Os seus planos são certos, não falham. As coisas são assim pelo grandioso fato de Ele ser Fiel (não mente) e Todo Poderoso. Tanto é verdade que não existem mentiras em suas promessas, como Nele está todo o Poder para cumpri-las. Esta é a base da fé cristã. Podemos confiar neste Deus, e nesta fé enfrentar as lutas da presente vida e as tentações e dificuldades espirituais em nossa caminhada cristã para o Céu.

Os inimigos de Deus e de seu povo não são independentes, ou seja, até eles estão nas mãos daquele Ser Único que de fato é independente e Todo Poderoso: O Senhor nosso Deus. Isto nos dá um grande alento e segurança. O Senhor tem o controle de tudo, tanto dos problemas e sofrimentos desta vida a que todos estamos …

Exposição do Evangelho de João: O Verbo é a Luz do Mundo (Segunda e última parte):

"A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela. Houve um homem enviado por Deus cujo nome era João. Este veio como testemunha para que testificasse a respeito da luz, a fim de todos virem a crer por intermédio dele. Ele não era a luz, mas veio para que testificasse da luz, a saber, a verdadeira luz, que, vinda ao mundo, ilumina a todo homem." (Jo 1:4-9).

III – A LUZ É REJEITADA (Jo 1:5):

Tendo dito que o Verbo é a luz dos homens, João apresenta a reação das pessoas em geral diante desta luz. E a reação é: incompreensão. Neste ponto é importante que defendamos nossa posição a respeito da melhor tradução da palavra em questão. Deve-se traduzir o original como “não prevaleceram”, como faz a ERA, ou “não a compreenderam”, como faz a ERC? Na verdade as duas traduções são possíveis. A primeira é defendida por bons comentaristas como F. F. Bruce. Mas sou levado a opinar pela segunda tendo em vista o contexto. J…

Exposição do Evangelho de João: O Verbo é a Luz do Mundo (Primeira parte):

A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela. Houve um homem enviado por Deus cujo nome era João.Este veio como testemunha para que testificasse a respeito da luz, a fim de todos virem a crer por intermédio dele. Ele não era a luz, mas veio para que testificasse da luz, a saber, a verdadeira luz, que, vinda ao mundo, ilumina a todo homem. (Jo 1:4-9).

I – INTRODUÇÃO:

O homem no pecado está em uma completa escuridão espiritual. Ele nem conhece a Deus como também não conhece o estado de seu próprio coração. Isto acontece porque é preciso saber quem é Deus para se ter idéia real do que somos. Se não conhecemos a Deus tão pouco conheceremos nossa situação espiritual. Por exemplo, se um homem é ateu ele não se importará com a questão do pecado visto que para ele não existe um Deus contra quem se peque. Um falso religioso da mesma forma se conformará com algumas práticas religiosas mesmo que seu coração esteja inundado …

Reflexão: Atenção Políticos e demais homens: Deus julga e pune a Injustiça Social

Este texto é de autoria do meu amigo Pr Marcus paixão, da Segunda Igreja Batista em Campo Maior. É usado aqui com permissão. Leia outros ótimos textos do Pastor no seguinte link: http://marcuspaixao.wordpress.com/

A injustiça social é um pecado terrível aos olhos do Senhor

Quando Deus chamou Amós da pequena vila de Tecoa, de diante de seus rebanho de ovelhas, Ele foi designado para proclamar o juizo de Deus contra várias nações, mas especialmente contra o reino do norte, Israel. Dos muitos pecados de Israel – a adoração sincretista e o culto cananeu, o luxo e a soberba que predominava no coração dos ricos – a injustiça social foi abertamente confrontada por Deus. Deus abomina a injustiça, o pobre ser desamparado causa-lhe indignação. O descaso e a corrupção são fortemente denunciadosm por Amós. Deus não estava de olhos vendados para aquela situação em que estava vivendo Israel, pelo contrário, Ele contemplava com indignação tudo! Tanta indignação que a sua ira foi acesa contra eles. Ape…

Reflexão: Jesus Cristo, o Único Caminho - R. C. Sproul

Exposição de Gênesis 4: O Terrível Crescimento do Pecado (Segunda parte):

III – CAIM E ABEL E O PRIMEIRO HOMICÍDIO (Gn 4:8):

No tópico anterior vimos que Deus alertou Caim para que não permitisse que o pecado o dominasse, mas ao contrário, que ele dominasse o pecado. O pecado estava começando a influenciar a Caim desde o momento em que seu sacrifício foi rejeitado, na verdade antes disso pois já demonstramos que sue coração era mal. No entanto foi a partir daquele momento que o pecado começou a influenciá-lo mais e mais. A revolta contra o próprio Deus e a inveja a seu irmão acharam terreno fértil no coração mal de Caim. Deus o alerta seriamente sobre isso. Já vimos que Deus procurar chamar o pecador a razão. Deus argumenta com ele, o chama a que pense e veja que o melhor é sair do pecado. Infelizmente o homem no pecado não ouve a Palavra de Deus. Teimosamente ele segue em permitir o domínio do pecado. O resultado é que um pecado chama outro, e a situação daquele ser humano que já era ruim torna-se gradativamente pior.
Vejamos este fato no caso de Caim. Em ve…

Exposição do Evangelho de João: O Verbo Divino:

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez (Jo 1:1-3).

I – INTRODUÇÃO:

Infelizmente poucas pessoas procuram conhecer sobre Cristo, poucos seguem a recomendação Dele de buscar em primeiro lugar Reino de Deus considerando as demais coisas como acréscimo. Muitos estão procurando várias coisas como prioridade e Cristo e sua Palavra é colocado em último lugar. Mas se o que João nos ensina neste trecho é verdade esta atitude é uma perfeita insensatez. Eu peço que você reflita comigo neste texto das Escrituras refletido seriamente em sua própria vida diante destas realidades que João nos apresenta. O que Ele diz é de fazer tremer o coração se por acaso não estamos levando a sério a pessoa de Cristo. Ao mesmo tempo é fonte de grande inspiração, alegria, e paz para os que têm procurado conhecer a Jesus Cristo dando-lhes ânimo para que prossiga…

Ser ou ter? - Manoel Coelho Jr.

 Buscai, antes de tudo, o seu reino, e estas coisas vos serão acrescentadas. Não temais, ó pequenino rebanho; porque vosso Pai se agradou em dar-vos o seu reino. Vendei os vossos bens e dai esmola; fazei para vós outros bolsas que não desgastem, tesouro inextinguível nos céus, onde não chega o ladrão, nem a traça consome, porque, onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.
(Lc 12:31-34)

Proponho-me a pensar com você agora sobre a seguinte questão: O que é o mais importante o ser ou o ter? É mais importante o que somos ou o que possuímos? Penso que tal questão é de suma importância pois vai determinar em que direção conduziremos nossas vidas e o que buscaremos a cada dia como nossa prioridade. Afinal isso é importante, pois a nossa escolha quanto a estas questões ou nos conduzirá ao verdadeiro alvo de toda a nossa vida ou a um alvo falso que mais cedo ou mais tarde nos trará decepção. O fato é que na sociedade consumista em que vivemos boa parte das pessoas está gastand…

Exposição de Gênesis 4: O Terrível Crescimento do Pecado (Primeira Parte):

I – INTRODUÇÃO:

Este capítulo é extremamente importante por estar ligado ao anterior que nos conta sobre a entrada do pecado na humanidade. Aqui nós vemos o efeito imediato que isto causou na família do primeiro casal e em todos os seus descendentes. É uma história que nos mostra o terrível crescimento do pecado. No entanto, ao mesmo tempo que apresenta esta dura realidade, este texto também nos fala da graça de Deus que desde daqueles primórdios apesar de toda a rebeldia humana não se afastou de nossa raça. Isso fica claro em seus alertas aos rebeldes e principalmente em sua escolha de um povo para si.

II – CAIM E ABEL, O INÍCIO (Gn 4:1-7):

O capítulo começa nos falando do nascimento de Caim e Abel, e nesta ordem. Esta criança nasce da relação sexual do primeiro casal. A Bíblia nos apresenta o sexo não como algo pecaminoso, mas como uma dádiva de Deus para que homem e mulher usufruam dentro do casamento. Vejam bem: Adão e Eva eram casados. E era um casamento monogâmico. Como veremos mai…

Introdução ao Ensino do Evangelho de João (Segunda Parte):

IV – A VIDA DO CRENTE EM CRISTO:

Neste tópico queremos mostrar o tipo de vida que o crente em Cristo leva, qual o efeito que a fé em Jesus produz na vida das pessoas. No ponto anterior mostramos que ninguém vem a Cristo a não ser que o Pai o traga (Jo 6:35-45). Falamos que ali se encontra a doutrina da predestinação em João. Deus é quem soberanamente chama e conduz as pessoas Cristo. Estes são os eleitos de Deus. Quando paramos para pensar neste fato somos levados a considerar que se é Deus quem escolhe, tal escolha implicará em uma certeza absoluta de perseverança, ou seja, os eleitos perseverarão, os eleitos não perderão a sua salvação. João deixa bem claro isto ao citar estas palavras de Jesus: “Porque eu desci do céu, não para fazer a minha própria vontade, e sim a vontade daquele que me enviou. E a vontade de quem me enviou é esta: que nenhum eu perca de todos os que me deu; pelo contrário, eu o ressuscitarei no último dia.” (Jo 6:38,39). Qual a vontade do Pai? Que nenhum dos que …

Reflexão: Pecado é Loucura.

Porque os caminhos do homem estão perante os olhos do SENHOR, e ele considera todas as suas veredas. Quanto ao perverso, as suas iniqüidades o prenderão, e com as cordas do seu pecado será detido. Ele morrerá pela falta de disciplina, e, pela sua muita loucura, perdido, cambaleia. (Pv 5:21-23).

O pecado é loucura, ele obscurece a razão humana. No entanto o pecador não se apercebe disso exatamente porque o pecado o cegou. Se o pecador não for iluminado pela graça de Deus quando se aperceber e finalmente compreender que o pecado é loucura já será tarde demais, a morte então será inevitável. Quero lhe perguntar e, por favor, responda por amor a sua alma: Você está dominado pelo pecado? Tem você vivido em cegueira pecaminosa e loucamente corrido para a destruição? Peço que leia estas linhas pedindo que Deus ilumine sua vida. Quero conversar com você procurando lhe mostrar porque afirmo que o pecado é loucura.
Pecado é loucura porque faz os homens e mulheres desprezarem a Deus em vez de da…