Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

Voltando ao Antigo Evangelho - Edson Rosendo de Azevêdo.

Imagem
Exorto a que todos ouçam, meditem, e divulguem estas mensagens. E que de fato todos voltem ao Antigo Evangelho de Cristo. É só clicar nos títulos, e baixar as pregações.

Retornando ao Antigo Evangelho - Parte I.

Retornando ao Antigo Evangelho - Parte II.

Retornado ao Antigo Evangelho - Parte III.

Adquira a versão impressa, ou Ebooks, dos estudos do blog clicando aqui.  

Leitura recomenda: 

Tudo de Graça - Spurgeon.

Acesse, imprima, leia, e distribua entre seus amigos mais este clássico de Spurgeon disponibilizado pelo Site: Militar Cristão. Clique aqui.

As “novas revelações” produzem meninos espirituais!

Imagem
“E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo, Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro. Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, de quem todo o corpo, bem ajustado e consolidado pelo auxílio de toda junta, segundo a justa cooperação de cada parte, efetua o seu próprio aumento para a edificação de si mesmo em amor.” (EF 4:11-16).

Tenho observado ao longo dos anos que aqueles que aceitam alguma revelação extra-Bíblia sempre manifestam uma “meninice” espiritual. Tais pess…

Quem não se arrepender igualmente perecerá! - Edson Rosendo de Azevêdo.

Imagem
"Naquela mesma ocasião, chegando alguns, falavam a Jesus a respeito dos galileus cujo sangue Pilatos misturara com os sacrifícios que os mesmos realizavam. Ele, porém, lhes disse: Pensais que esses galileus eram mais pecadores do que todos os outros galileus, por terem padecido estas coisas? Não eram, eu vo-lo afirmo; se, porém, não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis. Ou cuidais que aqueles dezoito sobre os quais desabou a torre de Siloé e os matou eram mais culpados que todos os outros habitantes de Jerusalém? Não eram, eu vo-lo afirmo; mas, se não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis. Então, Jesus proferiu a seguinte parábola: Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha e, vindo procurar fruto nela, não achou. Pelo que disse ao viticultor: Há três anos venho procurar fruto nesta figueira e não acho; podes cortá-la; para que está ela ainda ocupando inutilmente a terra? Ele, porém, respondeu: Senhor, deixa-a ainda este ano, até que eu escave ao red…

A Encarnação e o Nascimento de Cristo - Spurgeon.

Imagem
"Neste sermão, Charles Spurgeon usa-se da data do Natal para nos levar a Cristo, o Deus encarnado, nascido em Belém, cujas saídas são desde a eternidade"



Fonte: Projeto Spurgeon. No site do projeto é possivel baixar o livro em PDF.

Traduzido do espanhol por Armando Marcos Pinto.

Para outros livros do projeto clique aqui.

Para adquirir os estudos deste blog em forma impressa, ou Ebook, clique aqui.  

A Bem-aventurança de Morrer no Senhor - Edson Rosendo de Azevêdo.

Imagem
"Resgatamos, por achar oportuno, esse Sermão do dia 3 de abril de 2005, em que o Pr. Edson Rosendo discorre sobre a morte. Todos têm medo da morte e ficam impassíveis e perplexos quando ela chega e quando morre um parente ou amigo, afinal, a morte é a cessação da vida. Mas o que é a morte? O que é morrer no Senhor?

O presente Sermão foi baseado em Apocalipse 14:1 e 13 e foi dividido em dois pontos:

1) Bem-Aventurados os mortos que morrem no Senhor;
2) A afirmação é tão importante que o Pai disse: "Escreve".
Conclui-se que se você não foi unido a Cristo você sente pavor da morte física, porque tem medo da reprovação do Senhor. Já o Crente, tem certeza de sua justificação diante de Cristo, por isso não tem medo da morte, ao contrário, anseia por este momento em que se unirá ao Senhor.

Faça o Download em:> 4Shared

Todas as mensagens que estão disponíveis em nosso blog podem ser copiadas gratuitamente. Portanto copie, distribua para seus amigos, seus irmãos.
 Visite-nos …

Novo livro do Blog: Adoração Genuína.

Adoração a Deus é algo central em nosso relacionamento com Ele, visto que só o Senhor é Deus, e fomos criados para adorá-lo. É por isso que um entendimento correto a respeito desta questão é tão importante. Ora, como já temos observado, o pecado, que esta em nós, sempre trabalha para o nosso entorpecimento espiritual. Pecado é fuga da realidade, é trevas. Aplicando-se este fato a questão da adoração, podemos dizer que muitas pessoas pensam que estão adorando a Deus quando na verdade estão adorando outra coisa, tornando-se assim idólatras. Como em todos os assuntos, só existe um caminho seguro, e este é o da Palavra de Deus. Portanto, observemos este texto da Palavra que trata exatamente deste assunto: A adoração Genuína. Este é o propósito deste livro!



Você tem liberdade para embutir este livro em outro blog ou site, desde que indique a fonte! Clique acima em <> e obtenha o código.

Exposição do Evangelho de João: Rejeitando ou recebendo a Cristo.

Imagem
"Passados dois dias, partiu dali para a Galiléia. Porque o mesmo Jesus testemunhou que um profeta não tem honras na sua própria terra. Assim, quando chegou à Galiléia, os galileus o receberam, porque viram todas as coisas que ele fizera em Jerusalém, por ocasião da festa, à qual eles também tinham comparecido." (Jo 4:43-45).

I – INTRODUÇÃO:

A semelhança do texto anterior este também trata de reações que as pessoas podem ter diante da mensagem de Cristo. Estas reações sendo diferentes produzem conseqüentemente resultados diferentes. Esta é uma realidade que em sua cegueira o homem no pecado não percebe. Ele “brinca com o fogo”, quando rejeita a Cristo. Neste caso o bem aventurado é aquele que não “brinca com o fogo”, mas se aproxima do Salvador, recebendo-o. Meditemos com seriedade nesta questão, aplicando-a nós mesmos!

Novo livro do Blog: A Onisciência de Deus e a Minha Vida - Edson Azevêdo.

Conhecer a onisciência de Deus é um "fator determinante para que tenhamos uma vida de sinceridade, de transparência, de aversão à mentira, uma vida não fingida, uma vida isenta de falsidades, uma vida de honra ao nome de Deus, uma vida de assombro ante o alcance do conhecimento de Deus, uma vida repleta de reverência para com Deus, enfim, uma vida de santidade, uma vida de adoração, de adoração contínua, como Ele requer de nós. Conhecer a onisciência de Deus é aumentar os motivos e a intensidade com que damos glória ao seu nome, é sentir-se na sua presença continuamente, é aprendermos a submeter tudo o que temos e somos ao seu veredicto, ao seu Conselho, é sentirmo-nos fiscalizados, e bem fiscalizados, é sentirmo-nos guardados, e bem guardados, é aprendermos a ser verdadeiros em tudo, conquanto teremos a inequívoca certeza de estarmos fazendo, falando, pensando e deixando de fazer, todas as coisas, na sua augusta e terrível presença. Conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor.…

Esse vazio pode ter fim… Ezequiel Farias.

Você está indo a mais uma noite de agitos, ou noitada de farra. Dança, bebe, agita, sai com alguém que mal conheceu a um motel da cidade, e volta pra casa. E aí, pela manhã, se levanta ressacado (a), sem graça nenhuma, desanimado (a), apesar do sol lindo que beneficia a todos e embeleza o dia.

Vai ao trabalho com a cara “maior que a semana”, conversa e agita torpemente, cobiça as moças (ou rapazes) que por você passam, ou com você trabalham. Porém, aquele vazio no fundo do seu ser continua. Não é?

Aí chega a noite sem graça e sem ocupação, e você aproveita novamente para tomar umas e outras com os amigos (as), ouvir músicas, tentando, talvez inconscientemente, preencher aquele espaço n’alma que você sente, mas, na verdade, não sabe o que é, nem conhece a causa de sua origem; aquela solidão que mesmo no meio de uma multidão persiste em lhe afligir: o vazio.

Chega o fim de semana. Aí você bola um baita programa com a família ou com os amigos (as): passeios, bebidas, agitos, noitadas; e, se…

Eu Amo o Dia do Senhor - Robert Murray McCheyne.

"'Eu Amo o Dia do Senhor' é um Sermão do Rev. Robert Murray McCheyne da Igreja Livre da Escócia, um homem que fora notável pela pureza de vida e doutrina e que é parte da memória também dos herdeiros dos Puritanos e Covenanters no Brasil, pelo decisivo e importante papel desempenhado na história dos primeiros fundadores da primeira Igreja Reformada a se estabelecer e desenvolver no Brasil, no século XIX. Originalmente este sermão foi publicado pelo Rev Andrew Bonar em 1844, no livro Memoir and Remains of the Rev Robert Murray M'Cheyne."Fonte: Kalleyana


Jesus Exige Vigilância e Fidelidade - Edson de Azevêdo.

Imagem
"Estamos retomando as mensagens no livro de Lucas que foram interrompidas pela série de pregações sobre os Cinco Pontos do Calvinismo.

Esta mensagem está baseada em Lucas 12:35-48 e foi proferida pelo Pr. Edson Rosendo, no domingo, Dia do Senhor, 12 de novembro de 2010.

Ficou assim a divisão do sermão:

1 – Jesus Exige um Viver de Modo vigilante

1.1 – A Vigilância é ordenada, a Vigilância não é uma opção.

1.2 – Jesus promete bênçãos aos servos vigilantes

1.3 - Jesus dá um exemplo de vigilância

2 Jesus Exige um Viver de modo Fie

2.1 – O Perfil do Servo Vigilante: Ele é fiel, prudente, líder e sustenta os conservos;

Faça o Download da mensagem em:

http://www.4shared.com/audio/-Wm9uHPo/Jesus_Exige_Vigilncia_e_Fideli.html
Visite o nosso blog e baixe outras mensagens no seguinte endereço: http://reformadoscaruaru.blogspot.com/ " Julio Filho.
Adquira os estudos deste blog em forma impressa, ou em Ebooks, clicando aqui. 
Leitura recomendada: Pecadores nas Mãos de um Deus …