Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Somos como Maria ou como Judas?* – João 12:1-11 - Texto áudio e vídeo - Manoel Coelho Jr. .

Imagem
Baixe o Mp3 clicando aqui.

Acesse o vídeo clicando aqui.

I – INTRODUÇÃO:
O Senhor chega a Betânia após um período de isolamento. Isso causa alegria entre as pessoas, que o recebem e lhe oferecem uma ceia na casa de Simão, o leproso (Mc 14:3-9). Lázaro é um dos que estão à mesa com Cristo e Marta os serve. Mas é o que Maria faz que resplandece como o evento mais importante do episódio, pois mostra sua atitude em relação a Cristo como também atitude oposta por parte de Judas. Acrescente-se o fato da nova determinação dos inimigos de Cristo de também matarem a Lázaro por ser este uma prova viva de um grande milagre por parte de Nosso Senhor. Tudo isso nos mostra essencialmente uma verdade: As reações diante de Cristo são basicamente duas, isto é, ou o amamos ou o odiamos amando as coisas desta vida. Cada um de meus leitores está em uma destas posições. Não há neutralidade. Olhemos agora para o texto com mais cuidado aplicando a nossas vidas esta verdade básica.

Batistas Reformados – Graça Irresistível – Parte II* – Manoel Coelho Jr.

Neste estudo continuaremos o olhar para as evidências da graça irresistível nas Escrituras observando as vida de Pedro e Judas.
1 - A graça na vida de Pedro guardando-o da carne e de satanás:
“Indo Jesus para os lados de Cesaréia de Filipe, perguntou a seus discípulos: Quem diz o povo ser o Filho do Homem? E eles responderam: Uns dizem: João Batista; outros: Elias; e outros: Jeremias ou algum dos profetas. Mas vós, continuou ele, quem dizeis que eu sou? Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Então, Jesus lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus. Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus. Então, advertiu os discípulos de que a ninguém di…

E-book : A Queda, a Depravação Total do Homem em seu Estado Natural e a sua Total Incapacidade de vir a Cristo para ter Vida.

Imagem
CONTEÚDO: 
PARTE I 

Introdução à Doutrina da Depravação Humana – A.W. Pink 
As Evidências da Depravação Humana – A.W. Pink 
Não é Razoável que Pessoas Não-Convertidas se Alegrem – R. M.M´Cheyne
Sermão Nº 299, Pecado Imensurável – C. H. Spurgeon 
A Doutrina da Absoluta Inabilidade – John MacArthur
As Ramificações da Depravação Humana – A.W. Pink
A Terrível Condição dos Homens Naturais – R. M.M´Cheyne 
A Pecaminosidade do Estado Natural do Homem – Thomas Boston 
O Terrível Estado Dos Não-Convertidos – Jonathan Edwards
Um Verdadeiro Mapa do Estado Miserável do Homem por Natureza – Christopher Love
Homens em Seu Estado Caído – John Newton
As Consequências da Depravação Humana – A.W. Pink
A Depravação Total do Homem e a Sua Necessidade de Um Salvador – Paul Washer
A Porção dos Ímpios – Jonathan Edwards
O Remédio de Deus para a Depravação Humana – A.W. Pink
A Necessidade da Morte de Cristo – Stephen Charnock 
Inimigos Reconciliados Pela Morte – R. M.M´Cheyne
A Gloriosa Bem-Aventurança Proposta no Evangelho p…

Planejando a morte de Cristo – João 11:47-57 - Texto áudio e vídeo - Manoel Coelho Jr.

Imagem
Baixe o Mp3 clicando aqui.

Acesse o vídeo clicado aqui.

I – INTRODUÇÃO:
Os fatos narrados neste texto são consequência natural dos anteriores. Visto que os incrédulos foram procurar os fariseus para relatarem o que Cristo fazia, os inimigos se reúnem para decidir o que fazer para resolver de uma vez por todas o problema, que para eles era o próprio Cristo. A decisão amplamente apoiada foi a favorável a morte de Cristo. Mas não devemos achar que este é um caso isolado. Não devemos pensar que isto em nada se relaciona conosco. Não devemos pensar que estas pessoas são muito más, o que difere de nós que somos boas pessoas, pois jamais mataríamos a Cristo. Quem pensa assim está muito enganado. Na verdade cada homem e mulher está ou já esteve do lado dos assassinos de Cristo, no sentido de que ama ao pecado e odeia a Deus. Cada homem não convertido está do lado dos inimigos de Cristo. Por outro lado, há uma obra de Deus no mundo realizada em Cristo. Cristo morreu pelo seu povo e este o ama, …

Amor: essência do discipulado cristão – Fabiano Rocha*.

Imagem
A condição natural do homem sem Deus é o ódio, que é demonstrado em inimizade tanto para com o criador como para com suas criaturas. Essa condição, entretanto, é mudada e transformada em amor pela decisão anterior de Deus em amar o homem. “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito”. Por conta disso a Palavra de Deus constitui-se em firme exortação a que deixemos que o amor, que é caracterizado como a evidencia de uma vida transformada, domine todos os nossos relacionamentos. Isso por que pessoas que foram primeiramente amadas e redimidas na cruz por Cristo devem demonstrar amando a Deus e aos homens. O amor tem que ser a essência do discipulado cristão. Jesus disse que: “nisto conhecereis que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns pelos outros. É evidente que o que Jesus quis dizer não é que o amor deve ser praticado só entre aqueles que são irmãos ou estejam na esfera da mesma relação conosco pela fé. A grande questão levantada por Ele é que não é mais o ódi…

Estudo 26 - Batistas Reformados - Graça irresistível - Parte I* - Manoel Coelho Jr.

Neste estudo é feita uma breve análise de Rm 9:14-10:21 procurando-se demostrar o ensino bíblico sobre a Graça Irresistível e a Chamada Eficaz, sem as quais ninguém atenderá a pregação da Verdade, o que fica especialmente evidente no caso de Faraó. Em seguida examina-se textos no livro de Êxodo que esclarecem o ensino de Romanos 9 e 10.
Vê-se se em Faraó a dureza de coração que se manifesta em:
1 – Ignorância sobre Deus – Ex 5:1-5 e Rm 1:18-25.
2 – Falso arrependimento – Ex 9:23-30.
3 – Teimosia extrema – Ex 14: 1-8.

Faraó é o homem em seu estado caído que resiste a Palavra de Deus até a morte. Se não fosse a Graça de Deus ninguém seria salvo, pois o coração humano é duro e se endurece cada vez mais. Louvado seja Deus por sua Graça libertadora que dá aos seus um Novo Coração que atende a Palavra, e se arrepende e crê.   


Baixe o Mp3 clicando aqui.

Acesse os demais estudos clicando aqui.

*Estudo da EBD de 20 de Junho de 2014 na Congregação Batista Reformada em Belém.

A Ressurreição e a Vida* – João 11: 17- 46 - Manoel Coelho Jr.

Imagem
Baixe o mp3 clicando aqui.

Acesse o vídeo clicando aqui. 

I – INTRODUÇÃO:
O salário do pecado é a morte, mas Cristo é a Ressurreição e a Vida. Não há Verdade mais fundamental que esta. Dela depende nossa salvação ou perdição eterna. Não saber disso é completa desesperança, é viver iludido. Saber e não crer é perfeita loucura. Desde que Adão pecou imediatamente morreu espiritualmente, pois o pecado o tornou inimigo separado de Deus atraindo a ira Justa do Santo. No homem isso não pode ser mudado, mas Deus Soberanamente salva em Cristo, que veio morrer por seu Povo, tornando-se assim a Vida dele, o que não lhe será tirado. Fora de Cristo só há morte, mas em Cristo há Ressurreição e a Vida. A mensagem central deste texto e do anterior é esta, e nisto Deus em Cristo seria glorificado e os seus seriam abençoados. Mas a questão primordial que o texto nos apresenta é se de fato cremos nesta Verdade ou não. Você crê?

Fidelidade à Bíblia ou o Sucesso Pragmático?* - João 6: 60-71 - Manoel Coelho Jr.

Imagem
Baixe o Mp3 clicando aqui.

Ao proclamarmos o Evangelho temos dois caminhos: Ou somos fiéis a Bíblia em nossa mensagem ou buscamos o Sucesso Pragmático. Sucesso Pragmático é a busca apenas por resultados. É pensar apenas em encher nossos locais de culto. É seguir as regras de propaganda onde o sucesso é medido pelas quantidades de vendas de um produto. Assim o sucesso, neste pensamento, depende da adesão de muitos a nossa mensagem.

Continue, continue, e continue - Francis Schaeffer.

O Cristianismo não é uma moderna história de sucesso. Deve ser pregado com amor e lágrimas nas entranhas dos homens, pregado sem compromissos com resultados, sem levar em conta o conceito secular de sucesso. Se parece não haver nenhum resultado, lembre que Jeremias não viu os resultados no seu tempo. Eles vieram posteriormente. Se parece não haver nenhum resultado, isto não muda o imperativo de Deus. Simplesmente depende de você e de mim continuar, e continuar, e continuar, quer vejamos os resultados ou não. Continue... Minha declaração final é simplesmente esta: o mundo está perdido, o Deus da Bíblia de fato existe; o mundo está perdido, mas a verdade é a verdade. Persevere! Por quanto tempo? Eu lhe direi. Continue, continue, continue e então... CONTINUE!

Do livro “Morte na cidade” de Francis Schaeffer, páginas 57, 58.

As “novas revelações” produzem meninos espirituais!* - Manoel Coelho Jr.

Imagem
No estudo em vídeo a seguir infelizmente ocorreu a perda de dez minutos devido a problemas na câmera. Assim o comentário do ponto “Meninos são inconstantes enquanto que adultos são firmes” não foi gravado. No entanto os demais pontos são comentados e o texto na íntegra você encontra abaixo. Obrigado!


Baixe o Mp3 clicando aqui.

Baixe o texto em PDF clicando aqui.

“E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo, Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro. Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é …

Para a glória do Pai e por amor aos seus* (Texto, áudio e vídeo) - Jo 11:1-16 - Manoel Coelho Jr.

Imagem
Baixe o mp3 clicando aqui.

Acesse o vídeo clicando aqui.

“Estava enfermo Lázaro, de Betânia, da aldeia de Maria e de sua irmã Marta. Esta Maria, cujo irmão Lázaro estava enfermo, era a mesma que ungiu com bálsamo o Senhor e lhe enxugou os pés com os seus cabelos. Mandaram, pois, as irmãs de Lázaro dizer a Jesus: Senhor, está enfermo aquele a quem amas. Ao receber a notícia, disse Jesus: Esta enfermidade não é para morte, e sim para a glória de Deus, a fim de que o Filho de Deus seja por ela glorificado. Ora, amava Jesus a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro. Quando, pois, soube que Lázaro estava doente, ainda se demorou dois dias no lugar onde estava. Depois, disse aos seus discípulos: Vamos outra vez para a Judéia. Disseram-lhe os discípulos: Mestre, ainda agora os judeus procuravam apedrejar-te, e voltas para lá? Respondeu Jesus: Não são doze as horas do dia? Se alguém andar de dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo; mas, se andar de noite, tropeça, porque nele não há luz. Isto diz…

Uma Palavra Sincera Aos Não-Convertidos - Richard Baxter.

Imagem
Baixe o E-book ‘Uma Palavra Sincera Aos Não-Convertidos’, por Richard Baxter (Link para baixar gratuitamente no final da descrição

Algumas Citações deste Escrito:

”‘Se Deus é contra ti, todas as coisas são contra ti: este mundo é apenas a tua prisão, para tudo o que tu tanto amas; tu estás apenas preso nele para o dia da ira [Jó 21: 30]. O Juiz está vindo, tua alma mesmo está indo. Ainda em pouco tempo, e teus amigos dirão de ti: ‘Ele está morto’; e tu verás as coisas que tu agora desprezas, e sentirás aquilo em que agora tu não queres crer.’”

“‘O Senhor vê como vocês se esqueceram dEle e o vosso fim último, e quão leve vocês consideram as coisas eternas, como homens que não compreendem o que tem que fazer ou padecer. Ele vê quão vigorosos vocês são em pecar, e quão alarmantemente sem temor, e quão descuidados de suas almas, e como as obras de infidelidade estão em suas vidas, enquanto a crença dos Cristãos está em suas bocas.’”

“‘O Senhor, que melhor conhece o vosso caso do que vocês pos…

Cessacionismo e Continuísmo.

Vemos Cristo como Paulo ou como Herodes?* - Manoel Coelho Jr.

Cristo e Paulo...
“Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo. Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo e ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé; para o conhecer, e o poder da sua ressurreição, e a comunhão dos seus sofrimentos, conformando-me com ele na sua morte; para, de algum modo, alcançar a ressurreição dentre os mortos.” Fp 3:7-11.
Paulo conheceu a Deus, compreendeu seu pecado e sua condenação, viu que em si nada tinha, mas que em Cristo havia justiça que o reconciliava com Deus. Assim deixou tudo por Cristo. Oh como Cristo era precioso para este pecador arrependido.
Cristo e Herodes...
“Herodes, vendo a Jesus, sobremaneira se alegrou, pois havia muito queria vê-lo, por ter ouvido fala…

Livro virtual com todos os textos sobre o Juízo Final - Manoel Coelho Jr.

Estudo 28 - Juízo Final - Verdades e aplicações finais (Vídeos, áudios e texto) - Manoel Coelho Jr.

Imagem
Parte I:



Baixe o Mp3 clicando aqui.

Parte II:



Baixe o Mp3 clicando aqui.

Texto...

Desejo encerrar o nosso estudo com algumas breves palavras relembrando o que aprendemos e aplicando as nossas vidas.