Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Estudo 36 - Batistas Reformados - Graça irresistível - Parte XI* – Manoel Coelho Jr.

A doutrina da Graça irresistível é uma poderosa fonte de esperança na evangelização. Muitas vezes nos sentimos desanimados devido ao ódio dos homens a mensagem do genuíno Evangelho. Este ódio provém da natureza pecaminosa deles que aborrece a Verdade e ama a mentira, fazendo com que considerem o Evangelho de Deus uma loucura e suas tolas ideias como expressões máximas de sensatez. Mas Deus é Soberano, está com seus servos e possui seus eleitos que estão por todas as partes do mundo. Este fato vence todo o desânimo dos que evangelizam, enchendo-os de esperança e santa determinação em prosseguir, pois não dependem de homens, mas apenas de Deus. Tal esperança leva-os a Fidelidade, pois não há necessidade de modificar a mensagem para agradar homens, já que o que importa é Deus e seu plano soberano.  Por outro lado, a Fidelidade os induz a Esperança, visto que creem que somente a Verdade atrai as genuínas ovelhas de Cristo, o que eles aguardam com grande expectativa para a Glória do Senhor que salva o seu povo. 

Textos principais deste estudo: 

 “Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus. Pois está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios e aniquilarei a inteligência dos instruídos. Onde está o sábio? Onde, o escriba? Onde, o inquiridor deste século? Porventura, não tornou Deus louca a sabedoria do mundo?  Visto como, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por sua própria sabedoria, aprouve a Deus salvar os que crêem pela loucura da pregação. Porque tanto os judeus pedem sinais, como os gregos buscam sabedoria; mas nós pregamos a Cristo crucificado, escândalo para os judeus, loucura para os gentios; mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus.”.

I Co 1: 18-23.  

Quando Silas e Timóteo desceram da Macedônia, Paulo se entregou totalmente à palavra, testemunhando aos judeus que o Cristo é Jesus. Opondo-se eles e blasfemando, sacudiu Paulo as vestes e disse-lhes: Sobre a vossa cabeça, o vosso sangue! Eu dele estou limpo e, desde agora, vou para os gentios. Saindo dali, entrou na casa de um homem chamado Tício Justo, que era temente a Deus; a casa era contígua à sinagoga. Mas Crispo, o principal da sinagoga, creu no Senhor, com toda a sua casa; também muitos dos coríntios, ouvindo, criam e eram batizados. Teve Paulo durante a noite uma visão em que o Senhor lhe disse: Não temas; pelo contrário, fala e não te cales; porquanto eu estou contigo, e ninguém ousará fazer-te mal, pois tenho muito povo nesta cidade. E ali permaneceu um ano e seis meses, ensinando entre eles a palavra de Deus.”.

At 18: 5-11.    



Baixe o mp3 clicando aqui.

*Estudo da EBD de 23 de Novembro de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Estudo 35 - Batistas Reformados - Graça irresistível - Parte X* - Manoel Coelho Jr.

Na proclamação do Evangelho o que importa é a Fidelidade e não a tentativa de ser relevante ao homem de nosso tempo. Isso é óbvio, pois em caso contrário não se está anunciando o Evangelho de forma alguma, e é apenas no anuncio da Verdade que o Espírito Santo opera o Chamado Eficaz.  De fato os que confiam no Espírito pregam o Evangelho da Cruz, mas quem tenta ser relevante, Nele não crê, mas sim no poder do homem, e em torcendo a Mensagem Bíblica torna-se inimigo da Cruz.

Textos:

Teve Paulo durante a noite uma visão em que o Senhor lhe disse: Não temas; pelo contrário, fala e não te cales; porquanto eu estou contigo, e ninguém ousará fazer-te mal, pois tenho muito povo nesta cidade.

At 18: 9,10.

Eu, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não o fiz com ostentação de linguagem ou de sabedoria. Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado.

I Co 2:1,2.

Irmãos, sede imitadores meus e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nós. Pois muitos andam entre nós, dos quais, repetidas vezes, eu vos dizia e, agora, vos digo, até chorando, que são inimigos da cruz de Cristo. O destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está na sua infâmia, visto que só se preocupam com as coisas terrenas.

Fp 3:17-19.

Assim, pois, importa que os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus. Ora, além disso, o que se requer dos despenseiros é que cada um deles seja encontrado fiel.

I Co 4:1,2.






*Estudo da EBD do dia 16 de novembro de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Estudo 34 - Batistas Reformados - Graça irresistível - Parte IX* - Manoel Coelho Jr.

O que importa na proclamação de nossa mensagem evangelística é a fidelidade a Bíblia e não o sucesso numérico, pois o Espírito Santo só chama os homens por meio da Verdade. De fato os homens odeiam a Verdade e não nos ouvirão jamais por seus próprios poderes. Mas Deus tem os seus eleitos e nestes opera para que creiam em sua Palavra.

Textos deste estudo:

Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus. Pois está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios e aniquilarei a inteligência dos instruídos. Onde está o sábio? Onde, o escriba? Onde, o inquiridor deste século? Porventura, não tornou Deus louca a sabedoria do mundo? Visto como, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por sua própria sabedoria, aprouve a Deus salvar os que crêem pela loucura da pregação. Porque tanto os judeus pedem sinais, como os gregos buscam sabedoria; mas nós pregamos a Cristo crucificado, escândalo para os judeus, loucura para os gentios; mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus. Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens. Irmãos, reparai, pois, na vossa vocação; visto que não foram chamados muitos sábios segundo a carne, nem muitos poderosos, nem muitos de nobre nascimento; pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes; e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são; a fim de que ninguém se vanglorie na presença de Deus. Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção, para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor. Eu, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não o fiz com ostentação de linguagem ou de sabedoria. Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado.

I Co 1: 18- 2: 2.

Assim, pois, importa que os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus. Ora, além disso, o que se requer dos despenseiros é que cada um deles seja encontrado fiel.

I Co 4: 1,2.

Irmãos, sede imitadores meus e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nós. Pois muitos andam entre nós, dos quais, repetidas vezes, eu vos dizia e, agora, vos digo, até chorando, que são inimigos da cruz de Cristo. O destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está na sua infâmia, visto que só se preocupam com as coisas terrenas. Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as coisas. Portanto, meus irmãos, amados e mui saudosos, minha alegria e coroa, sim, amados, permanecei, deste modo, firmes no Senhor.”

Fp 3: 17- 4:1.

Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim. Então, disse ele: Vai e dize a este povo: Ouvi, ouvi e não entendais; vede, vede, mas não percebais. Torna insensível o coração deste povo, endurece-lhe os ouvidos e fecha-lhe os olhos, para que não venha ele a ver com os olhos, a ouvir com os ouvidos e a entender com o coração, e se converta, e seja salvo. Então, disse eu: até quando, Senhor? Ele respondeu: Até que sejam desoladas as cidades e fiquem sem habitantes, as casas fiquem sem moradores, e a terra seja de todo assolada, e o SENHOR afaste dela os homens, e no meio da terra seja grande o desamparo. Mas, se ainda ficar a décima parte dela, tornará a ser destruída. Como terebinto e como carvalho, dos quais, depois de derribados, ainda fica o toco, assim a santa semente é o seu toco.

Is 6: 8-13.

O SENHOR mo fez saber, e eu o soube; então, me fizeste ver as suas maquinações. Eu era como manso cordeiro, que é levado ao matadouro; porque eu não sabia que tramavam projetos contra mim, dizendo: Destruamos a árvore com seu fruto; a ele cortemo-lo da terra dos viventes, e não haja mais memória do seu nome. Mas, ó SENHOR dos Exércitos, justo Juiz, que provas o mais íntimo do coração, veja eu a tua vingança sobre eles; pois a ti revelei a minha causa. Portanto, assim diz o SENHOR acerca dos homens de Anatote que procuram a tua morte e dizem: Não profetizes em o nome do SENHOR, para que não morras às nossas mãos. Sim, assim diz o SENHOR dos Exércitos: Eis que eu os punirei; os jovens morrerão à espada, os seus filhos e as suas filhas morrerão de fome. E não haverá deles resto nenhum, porque farei vir o mal sobre os homens de Anatote, no ano da sua punição.

Jr 11: 18-23.

Quando Silas e Timóteo desceram da Macedônia, Paulo se entregou totalmente à palavra, testemunhando aos judeus que o Cristo é Jesus. Opondo-se eles e blasfemando, sacudiu Paulo as vestes e disse-lhes: Sobre a vossa cabeça, o vosso sangue! Eu dele estou limpo e, desde agora, vou para os gentios. Saindo dali, entrou na casa de um homem chamado Tício Justo, que era temente a Deus; a casa era contígua à sinagoga. Mas Crispo, o principal da sinagoga, creu no Senhor, com toda a sua casa; também muitos dos coríntios, ouvindo, criam e eram batizados. Teve Paulo durante a noite uma visão em que o Senhor lhe disse: Não temas; pelo contrário, fala e não te cales; porquanto eu estou contigo, e ninguém ousará fazer-te mal, pois tenho muito povo nesta cidade. E ali permaneceu um ano e seis meses, ensinando entre eles a palavra de Deus.

At 18: 5-11.





*Estudo da EBD do dia 09 de novembro de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém.

domingo, 2 de novembro de 2014

Deus e o Homem Piedoso* - Salmo 16 - Manoel Coelho Jr.

O Salmo 16 mostra que Deus é o Bem Supremo. O Homem piedoso conhece e vive esta verdade em Cristo, sendo o mais beneficiado dos homens. Podemos dividir o Salmo em duas partes: A – O que caracteriza a vida do homem piedoso? 

1 – Ele considera Deus como o Único Bem (V. 2). 

2 – Ele tem prazer nos outros piedosos (V. 3). 

3 – Ele se afasta de toda a idolatria (V. 4). 

4 – Ele sabe o que de fato é belo e ameno (Vs. 5, 6).

B – Quais os benefícios da vida piedosa? 

1 – Ter Deus como conselheiro (V. 7).

2 – Ser inabalável no Senhor (V. 8). 

3 – Ser abençoado no corpo e na alma (Vs.9,10). 

4 – O próprio Senhor é o benefício (V. 11). 

Em resumo: A vida piedosa é uma vida para Deus em Cristo, por isso é a mais abençoada, pois Deus é o Bem Supremo.


*Pregação do Culto da manhã de 02 de novembro de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém. 

domingo, 26 de outubro de 2014

A Revelação de Deus em Cristo (Texto, áudio e vídeo)* – João 14: 7- 11 - Manoel Coelho Jr.



Baixe o Mp3 clicando aqui.

I – INTRODUÇÃO:

O maior de todos os benefícios que um homem pode ter é o de conhecer a Deus verdadeiramente, pois isto é a Vida Eterna (Jo 17:3), e nisto temos real segurança, como vimos no estudo passado. Mas este texto deixa-nos claro que só é possível termos este conhecimento salvífico em Cristo, o Filho de Deus. Portanto é em saber quem é Cristo, e em se crer Nele que temos real conhecimento de Deus. No texto seguinte (Jo 14: 12-15) o assunto evolui mostrando-nos que este conhecimento não se estanca em nós, mas chega também aos nossos próximos por meio da obra divina em e por nós. Ora na verdade estaremos sempre influenciando nossos próximos, mas só o faremos de forma benéfica se hoje estivermos conhecendo a Deus em Cristo. Assim eu pergunto a cada leitor: Você conhece a Deus em Cristo? Este conhecimento está sendo transmitido aos outros trazendo-lhes o Maior Bem?

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

E-book : Um Guia Para A Oração Fervorosa - Arthur Walkignton Pink.


Baixe o E-book “Um Guia Para A Oração Fervorosa”, por Arthur Walkignton Pink (Link para baixar gratuitamente no final do texto de apresentação desta nossa publicação especial de Nº 290!!! Soli Deo Gloria! Sola Gratia!)
A necessidade vital do tema, a beleza e caráter Bíblico das exposições, a profundidade das considerações, a variedade dos ensinos práticos, são alguns dos motivos pelos quais muito recomendamos a leitura, em oração, deste preciosíssimo livro que o Senhor agora nos concede compartilhar com muitos irmãos, e com todos aqueles que a quem ao nosso Deus aprouver.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

O Espírito Santo e a Verdadeira Igreja de Cristo* - Atos 2 - Manoel Coelho Jr.

A Genuína Igreja de Cristo é obra graciosa e sobrenatural de Deus por seu Santo Espírito. Esta obra se manifesta em algumas características. Temos assim que a verdadeira Igreja sempre será conhecida por estas marcas.

Este estudo, baseado em Atos capítulo 2, procura analisar este assunto e aplicá-lo aos nossos dias com as seguintes perguntas:

Quais as características da verdadeira Igreja de Cristo?

O que se chama hoje de Igreja é realmente Igreja de Cristo?

Temos demostrado como Igreja estas características?

Temos nos submetido a estas verdades?

Temos clamado a Deus por estas graças?

Assista...



Baixe o mp3 clicando aqui. 

*Pregação da noite de domingo, dia 12 de outubro de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém.