Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

Pecado é Loucura! - Manoel Coelho Jr.

Imagem
“Porque os caminhos do homem estão perante os olhos do SENHOR, e ele considera todas as suas veredas. Quanto ao perverso, as suas iniqüidades o prenderão, e com as cordas do seu pecado será detido. Ele morrerá pela falta de disciplina, e, pela sua muita loucura, perdido, cambaleia.”  (Pv 5:21-23).
O pecado é loucura, ele obscurece a razão humana. No entanto o pecador não tem discernimento disso exatamente porque o pecado o cegou. Se o pecador não for iluminado pela graça de Deus quando se aperceber e finalmente compreender que o pecado é loucura já será tarde demais, a morte então será inevitável. Quero lhe perguntar e, por favor, responda por amor a sua alma:

Estudo 39 - Batistas Reformados - Graça irresistível - Parte XIV* – Manoel Coelho Jr.

Qual a relação entre o sucesso na evangelização e a genuína Esperança Cristã?
Este estudo trata da relação entre o sucesso no evangelismo e a genuína Esperança Cristã.
Portanto, aborda-se os seguintes pontos:
1 – O Arminianismo, por promover a autonomia humana, acaba apor perverter a Esperança tornando-a mera confiança na capacidade do pregador e dos ouvintes. Isso gera o pragmatismo e a modificação da própria mensagem evangelística para que seja mais agradável e atrativa aos não regenerados.
2 – No entanto a mensagem verdadeiramente evangelística jamais é agradável aos não regenerados, mas por eles é considerada escândalo e loucura.
“Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus. Pois está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios e aniquilarei a inteligência dos instruídos. Onde está o sábio? Onde, o escriba? Onde, o inquiridor deste século? Porventura, não tornou Deus louca a sabedoria do mundo? Visto como, na sabedo…

Reflexões sobre o sofrimento - Parte IV* - Manoel Coelho Jr.

Como agir diante das angústias do coração?
1 – Apenas em Deus há Salvação.
Somente Deus poderia nos libertar da “amizade” com o maligno, que é a queda no pecado, que foi o que trouxe todo o sofrimento para a humanidade. Deus opera esta libertação no “descendente” que é Cristo produzindo na vida de seus redimidos uma inimizade com o diabo e o pecado, e pacificando-os consigo mesmo.  
“Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”.
Gênesis 3:15.
“Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo; por intermédio de quem obtivemos igualmente acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes; e gloriamo-nos na esperança da glória de Deus.”
Romanos 5:1,2.
2 – O Sofrimento e o Bem Maior (Um complemento ao estudo anterior).
Deus opera por um mal menor para nos livrar do mal maior, que é o pecado. Deus opera por um mal menor para promover o Bem Supremo, que…

Oh Israel, como sofro por ti! - Manoel Coelho Jr.

"tenho grande tristeza e incessante dor no coração; porque eu mesmo desejaria ser anátema, separado de Cristo, por amor de meus irmãos, meus compatriotas, segundo a carne." Rm 9: 2,3.

Estudo 38 - Batistas Reformados - Graça irresistível - Parte XIII* – Manoel Coelho Jr.

Será que sucesso na obra de evangelização diz respeito a multidões, milagres, e satisfação dos homens? Resposta: Não e não. Neste estudo procura-se demostrar que este conceito, tão comum nas igrejas de hoje, é contrário as Escrituras e está enraizado na união do Arminianismo com o Pentecostalismo, o que levou a autonomia humana e ao pragmatismo, coisas altamente danosas por produzirem conteúdos distorcidos na pregação e uma busca desenfreada de resultados segundo os homens e não segundo Deus. Para tanto analisa-se os seguintes pontos:
1 – Se os ouvintes estão mortos espiritualmente, e consequentemente incapazes de atender ao Evangelho, o conceito de sucesso precisa estar enraizado na obra de Deus em chamar seu povo eleito.
“Veio sobre mim a mão do SENHOR; ele me levou pelo Espírito do SENHOR e me deixou no meio de um vale que estava cheio de ossos, e me fez andar ao redor deles; eram mui numerosos na superfície do vale e estavam sequíssimos. Então, me perguntou: Filho do homem, acaso,…

Reflexões sobre o sofrimento - Parte III* - Manoel Coelho Jr.

Neste estudo procura-se mostrar que Deus usa os sofrimentos desta vida para o benefício de seu povo eleito.
Quais são estes benefícios?
1 – No sofrimento experimentamos a Palavra como vivificadora.
“O que me consola na minha angústia é isto: que a tua palavra me vivifica”
Salmo 119:50.
2 – No sofrimento somos corrigidos e levados a Palavra de Deus.
“Antes de ser afligido, andava errado, mas agora guardo a tua palavra... Foi-me bom ter eu passado pela aflição, para que aprendesse os teus decretos.” Salmo 119: 67, 71.
3 – No sofrimento somos levados à perseverança, experiência, e esperança que não decepciona.
“E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.”
Romanos 5:3-5.
4 – Nosso sofrimento acaba por promover a Glória de Deus e cons…

Meditações em Romanos 9 - A Soberania de Deus na Salvação de seu Povo* - Manoel Coelho Jr.

Baixe o Mp3 clicando aqui.
*Pregação do Culto da manhã de 14 de Dezembro de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém.

Reflexões sobre o Sofrimento – Parte II* – Manoel Coelho Jr.

Pontos deste estudo:
1 – Deus é soberano absoluto.
“Nos céus, estabeleceu o SENHOR o seu trono, e o seu reino domina sobre tudo. Bendizei ao SENHOR, todos os seus anjos, valorosos em poder, que executais as suas ordens e lhe obedeceis à palavra. Bendizei ao SENHOR, todos os seus exércitos, vós, ministros seus, que fazeis a sua vontade. Bendizei ao SENHOR, vós, todas as suas obras, em todos os lugares do seu domínio. Bendize, ó minha alma, ao SENHOR.”
Sl 103: 19-22.
2 – Deus é soberano sobre o sofrimento.
“Eu sou o SENHOR, e não há outro; além de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que não me conheces. Para que se saiba, até ao nascente do sol e até ao poente, que além de mim não há outro; eu sou o SENHOR, e não há outro. Eu formo a luz e crio as trevas; faço a paz e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas. Destilai, ó céus, dessas alturas, e as nuvens chovam justiça; abra-se a terra e produza a salvação, e juntamente com ela brote a justiça; eu, o SENHOR, as criei. Ai daqu…