Reflexões sobre o sofrimento - Parte V* - Manoel Coelho Jr.

Como agir diante das dificuldades de relacionamento?

1 – A questão fundamental é Deus.

Deus é amor e consequentemente cheio de terna misericórdia. Ele faz bem até aos seus inimigos. O pecado afastou o homem de Deus levando-o ao afastamento deste princípio de amor e misericórdia. Em consequência, o homem passou a ser propenso ao ódio e a vingança. É apenas no retorno a Deus em Cristo que o homem tem este problema solucionado. De fato todos os não convertidos são em grau maior ou menor verdadeiras fontes de guerras e sofrimento.

Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo.Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai celeste, porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos. Porque, se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os gentios também o mesmo? Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste.”

Mateus 5: 43-48.

Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor.

I Jo 4: 7,8.

2 – A cegueira do orgulho.

Adão ao ser questionado por Deus imediatamente acusa Eva. Por sua vez Eva também procura lançar a culpa em outro.

Isso demostra duas coisas:

A – Falta de humilhação para reconhecer o próprio pecado. Isso é causado pelo orgulho que cega o homem a respeito de si mesmo, fazendo com que se veja como alguém inculpável.

B – Disposição intensa de ver a culpa de tudo apenas no próximo, com consequente ato de eloquente acusação.

Estes dois fatores são os germes de todas as guerras e, portanto, de grandes dores e sofrimentos, seja isso no ambiente familiar, entre amigos e conhecidos, patrões e empregados, e entre nações.


Então, disse o homem: A mulher que me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi. Disse o SENHOR Deus à mulher: Que é isso que fizeste? Respondeu a mulher: A serpente me enganou, e eu comi.

Gênesis 3: 12, 13.



Baixe o Mp3 clicando aqui.

*Pregação da noite de 28 de Dezembro de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)