Estudo 42 – Batistas Reformados – Graça Irresistível – Parte XVII* – Manoel Coelho Jr.

Então, disse ele: Vai e dize a este povo: Ouvi, ouvi e não entendais; vede, vede, mas não percebais. Torna insensível o coração deste povo, endurece-lhe os ouvidos e fecha-lhe os olhos, para que não venha ele a ver com os olhos, a ouvir com os ouvidos e a entender com o coração, e se converta, e seja salvo. Então, disse eu: até quando, Senhor? Ele respondeu: Até que sejam desoladas as cidades e fiquem sem habitantes, as casas fiquem sem moradores, e a terra seja de todo assolada, e o SENHOR afaste dela os homens, e no meio da terra seja grande o desamparo. Mas, se ainda ficar a décima parte dela, tornará a ser destruída. Como terebinto e como carvalho, dos quais, depois de derribados, ainda fica o toco, assim a santa semente é o seu toco.

Isaías 6: 9-13.

Resumo deste estudo...

Continuemos a falar de sucesso e solenidade.

Isaías percebe a gravidade de sua missão quando Deus lhe diz que seu ministério endureceria o povo até que as cidades fossem desoladas. Mas haverá o remanescente salvo, os eleitos, pois “ainda fica o toco, assim a santa semente é o seu toco.” Is 6: 13.

Como isso é diferente do que se vê hoje, pois, a leviandade e falta de seriedade na vida evangélica moderna se manifesta na doutrina, na vida, no culto, e na obra da evangelização. Na doutrina, aparece na deturpação das Escrituras por falsos mestres, que usam versículos fora de seus contextos para formar uma colcha de retalhos herética. Na vida, aparece na forma de descompromisso com a Lei de Deus e na conformidade com o padrão mundano. No culto, se manifesta no antropocentrismo das formas, que procura agradar aos homens para atrair multidões, atenuando a mensagem e promovendo o entretenimento. Na evangelização, aparece na jovialidade mundana dos modos e conteúdos.

Qual a raiz desta leviandade? Resposta: O desconhecimento de Deus. Ora, foi porque Isaías conheceu a Deus que pôde dizer: ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos!” Is 6: 5. E foi por conhecer a Deus que Ele percebeu que precisava de perdão que vinha de Deus em Cristo. E também foi por conhecer a Deus que Ele entendeu a gravidade de sua missão de profeta levando-o a dizer com humildade: “eis-me aqui, envia-me a mim.” Is 6: 8 e “até quando, Senhor? ”Is 6: 11. O fato é que os falsos mestres ao longo das décadas omitiram o conhecimento de Deus ao povo por deturparem as Escrituras e apresentarem suas falsas “Novas Revelações”. Mas eles encontraram a porta aberta devido a autonomia promovida pelo Arminianismo e a crença em Dons miraculosos atuais promovida pelo Pentecostalismo. Esses movimentos unidos acabaram por facilitar e promover estas coisas.

O que fazer?  Proclamar o Deus da Bíblia, o Deus não domesticado pelos homens, o Deus que se auto-revela como Glorioso, Santo e Soberano, o que leva o homem ao desespero de si mesmo e a correr para a Salvador que vem dEle, Cristo. E isso com humildade em fé e arrependimento. Aqui não haverá leviandade, mas quebrantamento e seriedade. Podemos crer que a Doutrina bíblico-reformada da Graça Irresistível, promove esta revelação de Deus, e é um corretivo importante para a leviandade atual. Que proclamemos estas antigas verdades com oração ao Deus Soberano que Salva em Cristo, pois “ainda fica o toco, assim a santa semente é o seu toco.” Is 6: 13.




*Estudo da EBD de 25 de Janeiro de 2015, na Congregação Batista Reformada em Belém.


Pode ser copiado, distribuído, e traduzido livremente para outro idioma, desde que indicada a fonte, a autoria, e o conteúdo não seja modificado.

Acesse os vídeos anteriores clicando aqui.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)