Carta a um Amado Jovem* – Manoel Coelho Jr.


Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.

Meu querido, tenho por ti um carinho que provém de nossa relação familiar. Te amei mesmo antes de teu nascimento, desde que soubemos que estavas vindo, quando ainda o Criador te formava no ventre de tua mãe. Te vi pequeno, um bebê, e com o tempo cresceste e hoje és um homem. Mas por te amar, sempre desejei a ti o Bem Verdadeiro, a Alegria Plena, isto é, o Conhecimento de Deus em Cristo, seu Filho. Lembro que quando pequenino eras conduzido por tua mãe a Igreja e desde este tempo fostes exposto a pregação da Palavra. Ouviste ainda na infância a respeito do Evangelho, sobre o fato de sermos pecadores contra um Deus Santo, sobre a Única Redenção que há em Cristo, e sobre a necessidade de nos voltarmos a Ele em fé e arrependimento. Ouviste que o que importa não é o que conseguimos nesta vida, que logo passa, mas sim o que guardamos como um tesouro para a eternidade, nossa Comunhão Perene com Deus em seu Filho. Tudo isto ouviste e vejo que sendo esta carta endereçada a um encontro de Igreja, tais palavras deram fruto em teu coração, pois manifestas nisso uma busca por este Eterno Bem. Mas desejo, com teu parente mais velho que te ama, dar-te alguns breves conselhos, incentivos e alertas que te ajudem nesta busca, tendo as Escrituras como minha base. Medita em cada uma delas, pois estou certo que te guardarão sempre em todos os teus caminhos e te conduzirão finalmente a mais plena alegria. 


1 – Lembra-te do Criador na tua mocidade. 

Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento”. Eclesiastes 12:1. 

Se há alguém que precisamos ter sempre na mente, este é Deus, pois é o nosso Criador. Fomos criados para Ele, para vivermos em prol de Sua Glória. Assim esquecer dEle é perder a vida, é viver sem rumo, sem sentido, na ilusão do pecado, é a destruição eterna. Mas exatamente na mocidade tal tentação é muito grande. Somos fortes fisicamente, nossa mente está plenamente ativa, a beleza natural da juventude está conosco, enfim, parece que temos tudo a nossa disposição. Então nos esquecemos que no final das contas tudo isso vem de Deus, e chegará a hora que estas coisas não mais estarão conosco. O que teremos neste dia se não conhecermos a Deus? Deus é que importa. Assim, meu conselho é... “Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento”. Não te esqueças de Deus por causa da força da mocidade, mas ao contrário, aproveita teus melhores dias para buscá-lo fervorosamente. Reflete que Ele á achado em Cristo conforme revelado nas Escrituras, pois quem o vê, também vê o Pai (Jo 14: 9). Assim empenha-te em ler tua Bíblia todos os dias em oração e te exponhas a Fiel Pregação do Evangelho em uma Igreja Bíblica, especialmente no Dia do Senhor, o domingo. Todos os dias deves buscá-lo, mas no domingo não deixes de te reunir com os demais cristãos para cultuar e ouvir a Palavra Fiel. Olhe para Cristo, confia apenas nEle para tua Salvação, e não em tuas obras ou justiça, e persevera nEle em cada dia pela fé, dependendo inteiramente de sua Graça, e desejando viver apenas para Ele. Se assim procederes haverás de chegar à velhice percebendo que não perdeste a vida, mas a ganhaste para a Eternidade. 

2 – Sejas moderado. 

 “Exorta semelhantemente os jovens a que sejam moderados”. Tito 2:6. 

Não te precipites em tuas atitudes e decisões, o que é muito comum nos jovens, mas ajas sempre com prudência e cautela, não confiando em tuas opiniões, mas sim na Palavra de Deus. Confiar em si mesmo é orgulho vão que leva a muitas decisões erradas que podem trazer dores para o resto da vida. Porém aquele que humildemente confia no Senhor, deixando-se conduzir pelas Escrituras, alcançará muitas misericórdias, vendo-se livre de vários sofrimentos. Todavia, neste caso, ainda que sofra, sempre será para a Glória de Deus e o seu Bem Eterno. Assim te aconselho a que te conduzas com sabedoria bíblica para que tua idade madura e velhice sejam livres de angústias por erros passados, que surgem do orgulho e levam a decisões precipitadas. Sejas moderado, meu jovem. 

3 – Foge do pecado e segue as virtudes cristãs com os que amam a Deus. 

Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor”. 2 Timóteo 2:22. 

Foge de paixão pecaminosa que se manifesta especialmente na mocidade e busca zelosamente em Cristo as virtudes da justiça, da fé, do amor e da paz de Deus. Lembra que o pecado, se dele não fugires, te destruirá, mas a Graça de Cristo nestas virtudes te edificará para a Eternidade. Portanto, foge da paixão pecaminosa e pela graça persegue as virtudes cristãs. Todas elas estão em Cristo “o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção” 1 Coríntios 1:30. Assim busca estas virtudes em Cristo, na fé nEle, e também na sua Graça foge do pecado. Mas lembra-te que farás isso “com os que, com um coração puro, invocam o Senhor”. Estes são os genuínos cristãos. Assim te dou um conselho adicional que aprendi com um antigo ministro do Evangelho: “Sejas amigo de quem é amigo de Cristo”. E também isso envolve com quem casarás no futuro, pois tua esposa deve ser tua melhor amiga, a que te será companheira. Então casa-te com aquela que seja amiga de Teu Salvador. Lembra que “as más conversações corrompem os bons costumes”. 1 Coríntios 15:33. Oh meu jevem, muitos tem perecido por escolher amigos ímpios que os afastaram de Cristo. Assim, que teus amigos sejam amigos de Cristo. 

4 – Descanses em Deus olhando para Cristo.

Eis que Deus é a minha salvação; nele confiarei, e não temerei, porque o SENHOR DEUS é a minha força e o meu cântico, e se tornou a minha salvação”. Isaías 12:2. 

 Meu amado moço, um dia não terás mais juventude e tuas forças decairão, mas Cristo continuará sendo uma Rocha e Salvação para todos os que nEle confiam. Assim te aconselho: Não confies em nada que seja teu, mas espera inteiramente em Cristo para tua Salvação. Olha apenas para Aquele que morreu na Cruz por pecadores como nós. Confia nEle para seres justificado diante de Deus e continua nEle confiando para viveres uma Vida Santa até o final. Então terás vivido de fato e não perdido tua existência, pois terás Glorificado a Deus em tudo, o que no final é o motivo para o qual foste criado, e é fonte de Verdadeira Alegria que nunca passará. Que o Senhor te fortaleça cada dia mais Neste Caminho, e que assim sejas cheio de Plena Alegria para a Glória de Deus em seu Filho. Amém! 

De teu parente mais velho, Manoel Coelho Jr. 

Belém, 13 de Agosto de 2016. 

*Carta escrita a um jovem da família do autor e aqui publicada com adaptações para servir como incentivo a outros moços. 

**Pode ser copiado, distribuído, e traduzido livremente para outro idioma, desde que indicada a fonte, a autoria, e o conteúdo não seja modificado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)