O Evangelho é a Resposta - O Salvador Jesus Cristo (Texto,áudio e vídeo)* - Manoel Coelho Jr.




porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.” Rm 6: 23.

Chegamos ao centro de nossos estudos sobre o Evangelho. E o Centro é Cristo. Nada temos da parte de Deus a não ser por Ele, sem Ele não temos esperança alguma. Assim o meu desejo é apontar-lhe com toda a força e clareza a Cristo, para que você vá a Ele para encontrar o que precisa essencialmente, isto é, acertar as contas com Deus. Já vimos que Deus está irado, que sua Ira é justa, e que também por nós mesmos estamos perdidos. Há esperança? Sim, mas não em nós. A única esperança está em Deus. Entendamos melhor nos seguintes pontos.

1 – Apenas Deus pode salvar.

Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus;” Ef 2: 8.

Nossa situação é tão desesperadora, nosso pecado é tão grave, que os recursos humanos nada resolvem. Creio que no capítulo anterior isso ficou bem claro. A conclusão é que ou Deus nos salva ou jamais seremos salvos. Apenas o Poder e Sabedoria infinitos de Deus poderiam resolver o nosso dilema. E o dilema é que somos todos pecadores, merecendo tão somente o inferno. Por outro lado Deus é Santíssimo e Justo. Dessa forma a questão é: Como um Deus Santo e Justo poder perdoar aqueles que só merecem condenação? Evidentemente que nada no homem poderia vencer este dilema. Mas Deus o pode. Em Sua Sabedoria e Poder Deus vem a nós para salvar. Vejamos como.

2 – Deus salva apenas em Cristo.

a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação.” II Co 5:19.

Deus estabeleceu que salvaria seu povo através de seu Filho, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, o Senhor Jesus Cristo. Toda a Escritura aponta para esta realidade. Vemos isso ainda em Gn 3:15 que nos diz: “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.”. Isto é uma clara referência a Cristo que destruiria ao diabo e libertaria seu povo. A partir daí todo o Antigo Testamento é uma promessa a respeito da vinda deste Salvador e no Novo Testamento tudo se cumpre no nascimento, vida, morte, ressurreição, e ascensão de Cristo. E fica evidente que Cristo agora exerce a função mediadora de todo Aquele que se próxima de Deus para ser reconciliado.

3 – Cristo é o Deus-homem.

 “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.” Jo 1: 14.

Precisamos entender que Deus salva apenas em Cristo porque somente alguém como Ele poderia realizar esta obra. É assim devido a ser Deus e homem. Nessa bendita pessoa há a natureza divina e também a humana. Cristo precisava ser homem, pois eram homens que deveriam ser salvos. Ele precisava ser representante destes homens. Mas também precisava ser Deus visto que o problema, o pecado, é tão grave que apenas Deus poderia resolver.

4 – Cristo representou a humanidade redimida diante de Deus.

Pois assim está escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente. O último Adão, porém, é espírito vivificante.” I Co 15:45.

Adão era nosso representante no Éden. Mas ele caiu miseravelmente trazendo a todos nós culpa e natureza pecaminosa que gera ainda mais pecado e culpa. Mas Cristo é o representante daqueles que serão salvos. Como homem Ele viveu sem pecado cumprindo a Lei com perfeição, o que Adão não fizera. Dessa forma, assim como nos foi atribuída a culpa de Adão, também é atribuída a Justiça de Cristo aos crentes. Mas Cristo como representante fez mais. Ele também pagou o preço dos pecados dos redimidos ao morrer na Cruz. Toda a ira de Deus que viria a pecadores caiu sobre Ele. Diante disso estes pecadores, que são os crentes, têm Deus apaziguado, visto que Cristo já levou a Ira Justa sobre si mesmo. E Cristo sendo Deus e homem Santo de fato pagou toda a dívida não ficando mais nenhum débito sobre seu povo. Realmente só Cristo pode nos salvar. Creio que uma palavra pode explicar o que aconteceu. A palavra é “substituição”. Sim, Cristo substituiu seu povo. Ele fez o que os homens não poderiam fazer. Ele obedeceu no lugar deles e recebeu a culpa que era deles. O Deus-Homem os salvou plenamente.


Vemos que tudo isso responde o dilema da primeira questão. Lembra-se dela. É esta: Como um Deus Santíssimo e Justo poder perdoar aqueles que só merecem condenação? Resposta: De uma maneira santa e justa. E a maneira é esta: Alguém capaz para isso pagou a culpa de nossos pecados. Este alguém é o Deus-homem, Jesus Cristo. Deus pode nos justificar porque a dívida foi paga completamente por seu Filho. A Ira que era nossa Ele levou. Assim eu lhe apresento Cristo, sua única esperança de reconciliação com Deus. Conclamo-lhe a desistir de todo o falso caminho de salvação. Conclamo-lhe a olhar somente para Cristo em fé e arrependimento. Mas sobre este assunto tratarei melhor nos próximos capítulos. 

Pode ser copiado, distribuído, e traduzido livremente para outro idioma, desde que indicada a fonte, a autoria, e o conteúdo não seja modificado.

*Estudo ministrado no culto de estudo bíblico e oração. Quarta-feira, 11 de Março de 2015, na Congregação Batista Reformada em Belém.



Leitura recomendada:

















Conheça e inscreva-se nas páginas do blog no Youtube e Facebook :


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)