“Casamento” homossexual existe? É correto lutar por ele? O que a Bíblia diz a respeito? - Parte I - Manoel Coelho Jr.

No princípio, criou Deus os céus e a terra.” Gn 1:1.

O atual debate sobre a questão homossexual na sociedade chegou ao ponto da luta pelo “direito” ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. No entanto o que não se fala é que em primeiro lugar é preciso responder se existe tal espécie de casamento. Se algo não é real como se pode exigi-lo? Por exemplo, poderíamos lutar pelo direito dos “marcianos” de serem considerados moradores de Marte? Poderíamos empreender um movimento social em prol do uso de “unicórnios” ou “cavalos alados” como meios de transporte? Lutaríamos pela legalização do uso de uma substancia nunca vista, isto é, que não existe? Assim, poderíamos ilustrar com exemplos sem fim que a realidade determina luta por um direito. Portanto quero defender que antes de lutar-se pelo direito de dois homens ou duas mulheres se casarem, deve-se provar que existe tal casamento.

Facilmente ao observarmos a sociedade logo descobriremos que o casamento se constitui em uma realidade única que não se adequa a união entre pessoas do mesmo sexo, mas entre pessoas de sexos diferentes, e a própria constituição assim diz “Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento” (CAPÍTULO VII, Art. 226, § 3º). O fato é que a luta por um “casamento homossexual” tenta romper com toda a realidade conhecida como casamento, chamando o que não é como se fosse. A própria observação a nossa volta mostra isso. Todavia desejo ir mais longe, ou seja, à fonte de toda a realidade: Deus conforme revelado em sua Palavra nas Escrituras. Assim pergunto: O que o Criador do casamento tem a dizer? Pelo o que ele diz, existe “casamento homossexual”? Pelo o que Ele diz, há direito de lutar-se por um “casamento homossexual”?

I – PRINCÍPIOS GERAIS.

Para iniciarmos vamos olhar brevemente para alguns princípios gerais que nos ajudarão a entender esta questão.

A – Deus é a fonte da realidade.

No princípio, criou Deus os céus e a terra.” Gn 1:1.

Segundo a Bíblia Deus é o Criador de todas as coisas. Sendo assim, Ele é a fonte da realidade. O real está Nele e fora Dele só há ilusão.

B – O pecado é a fonte da ilusão.

Então, a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis.

Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal.” Gn 3: 4,5.

Observe que a tentação original acabava por levar Eva a entender que poderia criar uma realidade fora de Deus. Explicando melhor, haveria de existir uma situação em que Deus não seria o Senhor. Eva passa a desejar um “mundo sem Deus”, ou um mundo em que o homem é autônomo e Deus não é o Senhor. Mas em última instância tal mundo nunca existirá. Deus sempre será Deus e o Senhor (Dt 6:4,5). Assim, é ilusão acreditar neste mundo sem Deus, ou num mundo em que Deus não Governa. Todavia, isto mostra que o pecado é uma força que cria na mente do pecador uma falsa percepção da realidade levando-o a crer e viver em fantasia.

Medite um pouco neste texto:

 O filho honra o pai, e o servo, ao seu senhor. Se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o respeito para comigo? —diz o SENHOR dos Exércitos a vós outros, ó sacerdotes que desprezais o meu nome. Vós dizeis: Em que desprezamos nós o teu nome?” (Ml 1: 6).

Deus chama o povo à razão. Chamar à razão é chamar à realidade. Se Deus é o Senhor devemos viver segundo esta realidade, isto é, devemos respeitá-lo. Não respeitar a Deus á não corresponder ao que Ele é, ou seja, Senhor. Conclusão: Não respeitá-lo é viver na ilusão. O pecado sempre faz isso: Leva os homens à um mundo irreal, um mundo onde Deus não existe e onde podemos inventar o que não existe. Você percebe a loucura de tudo isso?

C – Deus criou o que é de fato bom.

Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom”. Gn 1: 31.

Não apenas Deus é a fonte da realidade, mas é a fonte do que realmente é bom. Assim, fora Dele nada é bom. Observemos que no mundo de Deus há harmonia entre Deus e o homem (Gn 2:19), entre homem e seu próprio ser (Gn 1:26), entre homem e sua mulher (Gn 2:23,24), e entre o homem e a criação (Gn 2:8). De fato é um mundo bom.

D – O pecado é a ilusão do “mau” com nome de “bom”.

Então, a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal. Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu também ao marido, e ele comeu. Abriram-se, então, os olhos de ambos; e, percebendo que estavam nus, coseram folhas de figueira e fizeram cintas para si.” Gn 3: 4-7.

Observe que a serpente propôs um mundo melhor do que o mundo que Deus dera a Eva. O diabo propôs um mundo “bom”, mas sem Deus. Ora, tal mundo não existe, pois mundo bom há apenas em Deus. Mas Adão e Eva, na alucinação do pecado, desejaram o mundo “bom” do diabo. Mas que decepção eles tiveram. O mundo “bom” na verdade era “mau”. A Bíblia mostra este fato e a história o confirma: Todas as vezes em que os homens buscaram um “maravilhoso mundo novo” fora de Deus, eles acabaram por produzir um “terrível mundo tenebroso”. Assim foi na Revolução Francesa e nas Revoluções comunistas do Século XX. O fato é que tudo isso faz parte da ilusão do pecado. Logo Adão e Eva se viram em desarmonia e medo de Deus, em angustia interna, em guerra no casal, tendo agora que enfrentar uma criação hostil. A harmonia foi embora, o “maravilho mundo novo” era uma ilusão do pecado.
 
Continua...

Pode ser copiado e distribuído livremente, desde que indicada a fonte, a autoria, e o conteúdo não seja modificado!

Adquira nossas obras clicando aqui.

Leitura relacionada:


Soli Deo Gloria - O Ser e Obras de Deus

Soli Deo Gloria - O Ser e Obras de Deus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)