Reflexões sobre o Sofrimento - Parte XIII* - Conclusão - Manoel Coelho Jr.



Baixe o mp3 clicando aqui.

Resumo deste estudo...

Relembremos o que já estudamos até aqui para nosso consolo, esperança, e firmeza, mesmo nas piores crises da vida.

Aprendemos algumas verdades que devem estar enraizadas em nossa mente e coração. Recordemos:

1 – O pecado é a fonte de todo o sofrimento.

No dia em que dela comeres certamente morrerás”. Gênesis 2:17.

É preciso ter isto bem firmado na mente, o que nos alertará sobre o perigo do pecado como algo a ser abandonado e não abraçado. O pecado é o mal dos males, mas é assim porque ele nos afastou do Bem Supremo, ou seja, nos afastou de Deus. A partir dai todos os demais males e sofrimentos entraram na vida humana. Assim podemos dizer que o menor pecado é muito pior que o maior sofrimento que possamos passar ou imaginar nesta vida.  

2 – Estamos no tempo de sofrimento.
                             
No dia em que dela comeres certamente morrerás”. Gênesis 2:17.

Como ainda vivemos num mundo onde existe pecado consequentemente sofreremos. O Sofrimento nos acompanhará ao longo da vida de uma forma ou de outra. Estamos no “já” e no “ainda não”, ou seja, estando em Cristo já estamos no Reino, mas ao mesmo tempo o Reino não foi estabelecido em plenitude. Por isso sofremos. Devemos estar bem conscientes disso para não nos surpreendermos como tolos meninos espirituais. Sejamos realistas. Como já vimos, apenas os cristãos são de fato realistas, pois possuem a revelação de Deus em Cristo. 

3 – Virá o Tempo de Alegria plena.

E lhes enxugará dos olhos toda a lágrima

Apocalipse 21: 4.

O grande consolo é que o presente tempo de sofrimento é passageiro, e até mesmo insignificante em comparação a eternidade vindoura de pleno gozo em Cristo. Assim devemos ser realistas, sabendo que sofreremos, mas também esperançosos, sabendo e crendo na glória futura com Cristo.

4 – Consolo existe apenas em Cristo, para os que estão Nele.

Este te ferirá a cabeça” Gênesis 3: 15.

Todo o capítulo três de Gênesis é muito triste por causa da entrada na vida humana do mal dos males que é o pecado. Todavia há nele o verso 15, que é uma maldição sobre a serpente, mas que para nós é o anúncio da salvação do pecado, e isto em Cristo Jesus. Assim podemos dizer que fora de Cristo não há consolo algum, mas nEle há toda a Esperança vinda do próprio Deus. Dessa forma tudo o que temos falado em termos de consolação nestes testudos só se aplica aos que estão em Cristo. Para os que continuam em pecado não há consolo algum. A Bíblia deixa claro que aqueles que são de Cristo terão benefícios até no sofrimento, pois isto os aproximará de Deus. Mas quanto aos ímpios, tudo, isto é, alegria ou sofrimentos, tudo resultará em mais dureza de coração (Rm 1: 18-32 ; Rm 8: 28). No caso dos deles o pecado completará seu ciclo, pois além de ser o mal dos males, se não for vencido pela graça em Cristo, o pecado se tornará cada vez mais maléfico até que chegue ao inferno. A única esperança é a Graça de Deus em Cristo. Você está em Cristo?

5 - Deus é Soberano no Sofrimento.

Eu formo a luz e crio as trevas; faço a paz e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas estas coisas

Isaías 45: 7.

É muito consolador saber que o sofrimento não é algo descontrolado ou jogado ao acaso, mas está no absoluto controle de Nosso Soberano, Sábio e Gracioso Senhor. Lembremos que Deus permite o mal menor para nos livrar do mal maior, o pecado, e que ele usa o mal menor para nos levar ao Bem Supremo, Ele mesmo (Rm 8: 28).

 6 – O cristão sofre por ser cristão.

Se me perseguiram a mim, também perseguirão a vós outros” João 15: 20.

O cristão sofre duas vezes, pois além dos sofrimentos normais da vida também sofrerá por ser seguidor de Cristo. Mas valerá a pena, pois está do lado da Verdade, é para o bem do próprio cristão, e é sofrimento passageiro e insignificante em comparação a futura Glória Eterna. Este é o Bem Verdadeiro, isto é, estar com Deus para toda a Eternidade. 

7 – Conselhos finais.

1 – Não se desespere diante do sofrimento, mas ao contrário, creia nas promessas de Cristo (Jo 14: 1). Nisto há vitória sobre a turbulência do coração.


2 – Enfrente o Sofrimento segundo o ensino da Bíblia. Conheça a doutrina bíblica sobre o sofrimento para viver conforme a mesma quando tiver que passar por situações difíceis. Então não ficará assustado nem desanimado. Tivemos oportunidade de falar desta doutrina do sofrimento e procuramos aplicá-la aos grandes tipos apresentados em Gênesis 3; isto é, o pecado (Causa dos demais), as angústias do coração, as inimizades, as catástrofes naturais, as doenças, a morte, a perseguição; mostrando como poderemos aplicar os princípios aprendidos. Lembre que a Bíblia não nos deixa sem orientação, mas nos mostra como agir em cada circunstância. Existe a doutrina do sofrimento e a vida segundo esta doutrina. Assim meu incentivo é que cada um procure conhecer mais do assunto para viver de acordo, dando assim toda a Glória ao Deus que nos salvou em Cristo, e isto na fé e na obediência, sem se deixar levar pela reação da carne diante do sofrimento, mas dirigido pelo Espírito de Deus pela Palavra da Escritura Sagrada, a Palavra de Deus. Esse é o caminho melhor, proveitoso, da comunhão com Deus, que o glorifica, que mostra que o amamos. Nisso tudo há grande, verdadeira, e única consolação! Que assim seja conosco!

Pode ser copiado, distribuído, e traduzido livremente para outro idioma, desde que indicada a fonte, a autoria, e o conteúdo não seja modificado. 

*Pregação da noite de domingo, 22 de Fevereiro de 2015, na Congregação Batista Reformada em Belém.



Conheça e inscreva-se nas páginas do blog no Youtube e Facebook :

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)