Estudo 24 - Juízo Final - Lições do Sermão Profético* - Vídeo, áudio e texto - Manoel Coelho Jr.



Acesse o vídeo clicando aqui.

Baixe o Mp3 clicando aqui.


Para sua meditação deixo-lhe seis lições que aprendemos no Sermão profético.

1 – A glória material nada é!

Ao sair Jesus do templo, disse-lhe um de seus discípulos: Mestre! Que pedras, que construções! Mas Jesus lhe disse: Vês estas grandes construções? Não ficará pedra sobre pedra, que não seja derribada.” Mc 13:1,2.

É impressionante o contraste entre as palavras de admiração do discípulo e a profecia de Cristo. Entre outras coisas isso nos chama a atenção para não nos impressionarmos demais com a glória material esquecendo-nos que o importante é a Glória de Deus. Amigos, que sejamos ricos espiritualmente!  

2 – Tomemos cuidado com os perigos de nosso tempo.

Este é o tempo do “princípio das dores” e Nosso Senhor nos recomendou: “Estai vós de sobreaviso, porque vos entregarão aos tribunais e às sinagogas; sereis açoitados, e vos farão comparecer à presença de governadores e reis, por minha causa, para lhes servir de testemunho.” Mc 13:9.

Quais são os perigos? Vejamos:

A – Perseguição.

Sereis odiados de todos por causa do meu nome; aquele, porém, que perseverar até ao fim, esse será salvo.” Mc 13:13.

Não é fácil ser odiado e, além disso, quem odeia quer fazer mal ao odiado. Daí que ser cristão é estar em constante tentação de ceder para evitar este sofrimento. Então tomemos cuidado lembrando que o “que perseverar até ao fim, esse será salvo.”.

B – Falsos Profetas.

Muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu; e enganarão a muitos.” Mc 13:6.

Falsos profetas vêm como alguém a favor de Cristo, no entanto são Ele. Daí o grande perigo que representam. Testemos a todos os homens pelas Escrituras, nossa única segurança, pois os falsos são extremamente enganadores.

C – Sedução do mundo.

Um irmão entregará à morte outro irmão, e o pai, ao filho; filhos haverá que se levantarão contra os progenitores e os matarão.” Mc 13: 12.

Como é difícil estar contra o mundo, especialmente quando sua manifestação é por nossa família. Muitas vezes o cristão se vê sozinho, e perdendo privilégios em forma de apoio financeiro, amizades, cargos, e coisas assim. Esta é a sedução do mundo. Mas devemos ficar firmes estando até mesmo dispostos a morrer por Cristo se assim for preciso.

3 – Tomemos cuidado com os perigos dos anticristos.

Os anticristos são os falsos profetas. Vejamos seus perigos:

A – Idolatria.

 Quando, pois, virdes o abominável da desolação situado onde não deve estar (quem lê entenda), então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes;” Mc 13:14.
Os anticristos praticam a abominação da idolatria. Podem até dizer que adoram a Deus, mas o “deus” deles é outro, é criação de suas mentes perversas. Fiquemos firmes contra o seu culto idólatra.

B – Oposição a Cristo.

 Muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu; e enganarão a muitos.” Mc 13:6.

Os anticristos odeia o Cristo da Bíblia e inventam outro “cristo”, e com isso enganam a muitos. Eis o perigo deles porque não dizem que são contra Cristo. Tomemos cuidado examinando a doutrina de cada pregador à Luz das Escrituras.

C – Propagação da mentira.

Então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! Ou: Ei-lo ali! Não acrediteis; pois surgirão falsos cristos e falsos profetas, operando sinais e prodígios, para enganar, se possível, os próprios eleitos.” Mc 13: 21,22.

Eles espalham a mentira, mas como se fosse verdade. Também por isso são tão perigosos. Lembre que nossa única “bússola” é a Bíblia, e não supostos “sinais e prodígios” ou qualquer outra coisa.

4 – As profecias de Cristo se cumprem.

 Estai vós de sobreaviso, porque vos entregarão aos tribunais e às sinagogas; sereis açoitados, e vos farão comparecer à presença de governadores e reis, por minha causa, para lhes servir de testemunho.” Mc 13:9. 

Boa parte do que Cristo profetizou neste sermão já se cumpriu cabalmente. Será que sua promessa de retornar a este mundo não vai se cumprir?  Evidentemente que como as outras esta profecia também se cumprirá perfeitamente. Assim estejamos preparados. Não estamos aqui para sempre.

5 – Cristo guarda os seus.

Então, verão o Filho do Homem vir nas nuvens, com grande poder e glória. E ele enviará os anjos e reunirá os seus escolhidos dos quatro ventos, da extremidade da terra até à extremidade do céu.” Mc 13 26, 27.

Os eleitos são as pessoas mais seguras deste mundo. Como isso é consolador! Os eleitos são perseguidos, mas nenhum deles se perderá. Oh meu irmão não desanime. Lembre que Naquele Dia estaremos todos junto como o Nosso Senhor, pois Ele nos reunirá.

6 – Vivamos zelosamente nosso cristianismo.

Como? Vejamos.

A – Sendo despertos.

Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o dono da casa: se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã; para que, vindo ele inesperadamente, não vos ache dormindo. O que, porém, vos digo, digo a todos: vigiai!” Mc 13: 35- 37.

Não vivamos a vida como se Cristo não fosse voltar ou não fossemos morrer. Quem vive assim são os ímpios. Se somos cristãos de fato, vivamos na perspectiva da eternidade, como peregrinos em uma terra estranha.

B – Sendo prudentes.

Cinco dentre elas eram néscias, e cinco, prudentes. As néscias, ao tomarem as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo; no entanto, as prudentes, além das lâmpadas, levaram azeite nas vasilhas.” Mt 25: 2-4.

Ser prudente é vigiar, estando pronto, o que mostra que realmente somos de Cristo. Que seja assim conosco.

C – Investindo.

O que recebera cinco talentos saiu imediatamente a negociar com eles e ganhou outros cinco.” Mc 25: 16.

Aproveitemos toda a oportunidade para crescermos em conhecimento de Deus e em santidade. Não desprezemos os meios de Graça.

D – Amando na prática.

Porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me hospedastes; estava nu, e me vestistes; enfermo, e me visitastes; preso, e fostes ver-me.” Mt 25: 35, 36.

Que nosso amor por Cristo e nossos irmãos seja real. Que assim vivamos ajudando e satisfazendo as necessidades dos que precisam.

 Aí estão as seis lições. Que cada um reflita em oração diante de Deus. Que a Graça de Cristo nos fortaleça!

 
Pode ser copiado e distribuído livremente, desde que indicada a fonte, a autoria, e o conteúdo não seja modificado!

*Pregação da noite de domingo, 26 de janeiro de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém.

Para os livros do blog clique aqui.

Leitura recomendada:

Um Guia Seguro Para o Ceu - J. Alleine.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Exposição de Gênesis 11: O projeto fracassado e o projeto vitorioso!