Estudo 25 - Juízo Final - O Grande Juízo* - Vídeo, áudio e texto - Manoel Coelho Jr.



Acesse o vídeo clicando aqui.

  Baixe o Mp3 clicando aqui.

Vi um grande trono branco e aquele que nele se assenta, de cuja presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles. Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras. Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.” Ap 20 : 11-15.

I – INTRODUÇÃO:

Estamos nos aproximando do final de nossos estudos. Você deve lembrar que primeiro vimos alguns textos mais doutrinários sobre o Juízo. Depois olhamos os que se referem aos eventos antes e durante o retorno de Cristo. Agora trataremos do Grande Evento em si, tema central destes nossos estudos, ou seja, o Juízo Final, que ocorrerá com o Retorno de Cristo. Já tratamos um pouco deste aspecto nos últimos estudos, mas o presente texto traz-nos importantes esclarecimentos sobre aquele grande e solene evento. Olhemos assim para o texto perguntando: O que ocorrerá naquele Dia?  O que isso tem a ver conosco? Como podemos estar preparados? Qual o propósito primordial do Juízo?

II – APENAS O JUÍZO.

“Vi um grande trono branco e aquele que nele se assenta, de cuja presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles.” Ap 20:11.

Os homens ímpios vivem como se suas vidas e este mundo fossem eternos. Também desprezam a Palavra de Deus, esta sim eterna. Tal loucura trará grande desespero no Dia do Juízo. O texto diz que a terra e o céu não terão lugar, fugirão. Apenas estará presente o trono branco e o que nele se assenta. Essa será uma situação terrível para aqueles que viveram para este mundo passageiro e desprezaram os alertas da Palavra quanto a vinda do Juízo Final. Hoje os homens têm este mundo e seus benefícios, todos dados pela mão paciente e bondosa de Deus. Hoje eles têm a Igreja e os ministros do Evangelho chamando-os ao arrependimento e a fé em Cristo, o Salvador. Naquele momento, porém, não haverá mais tais alertas, nem qualquer benção do mundo, mas apenas o Terrível Trono do Juízo de Deus. Nada os apoiará. O chão terá desaparecido debaixo de seus pés. O mundo se foi. O céu já não é visto. Apenas o Juiz está diante deles, e Ele não é seu amigo, pois eles não passam de ímpios pecadores que merecem apenas sua Justa Condenação. Que Dia Terrível será aquele para tais homens e mulheres. Como isso deve nos alertar hoje, quando temos tantas oportunidades de pregação da Santa Palavra. Como deve este fato nos constranger a diligência. Meu leitor pense nisso. Como você está? Porventura você é um ímpio? Você vive para este mundo passageiro? Você tem desprezado a Palavra de Deus? Você tem zombado dos pregadores da Justiça? Pense nisso, e arrependa-se e creia em Cristo. Leia os seguintes versos com meditação:

Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão.” Lc 21 : 33.

pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente. Pois toda carne é como a erva, e toda a sua glória, como a flor da erva; seca-se a erva, e cai a sua flor; a palavra do Senhor, porém, permanece eternamente. Ora, esta é a palavra que vos foi evangelizada.” I Pe 1:23-25.

Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína. Quando Jesus acabou de proferir estas palavras, estavam as multidões maravilhadas da sua doutrina; porque ele as ensinava como quem tem autoridade e não como os escribas.” Mt 7: 24-29.

Não despreza a Palavra de Cristo. A palavra é a Rocha, Cristo é a Única Rocha que poderá lhe sustentar Naquele Dia.

III – TODOS SERÃO JULGADOS.

Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras. ” Ap 20:12, 13.

Naquele Dia quando Cristo voltar todos os vivos serão apresentados diante de Cristo para o Juízo, e os mortos ressuscitarão para também serem apresentados. Observe:

Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, pela sua manifestação e pelo seu reino” II Tm 4:1.

os quais hão de prestar contas àquele que é competente para julgar vivos e mortos” I Pe 4:5.

No texto de Apocalipse e nos demais não há nenhuma menção a vontade dos homens. Deus os levará a sua presença para Juízo por meio de seu Poder Soberano, quer queiram quer não. Não há absolutamente nenhuma chance de eles escaparem a esta convocação. Ora, o mundo em que confiavam já se foi, e o que há é o Trono do Juiz. Observe que João viu todos os mortos, até mesmo aqueles que o mar levou. Seja como for que tenham morrido, todos ressuscitarão para serem julgados. Quanto aos vivos para onde irão se a terra e o céu fugiram? Não haverá escapatória. Amigos, agora os homens zombam de Deus e de sua Palavra, tratam com desdém a Igreja de Cristo e pisam no Nome Santo do Salvador. Mas Naquele Dia não poderão agir assim, não se atreverão, pois seus corações estarão derretendo de terror, visto que serão trazidos contra a vontade para o terrível Juízo Final, sim, o Juízo Daquele Santo Deus que afrontaram por toda a vida. Amigo você estará lá. Já pensou nisso? João viu a você. Você não poderá se esquivar Daquele Dia. Eu lhe pergunto: Não é hora de levar isso a sério? Não é hora de ouvir a Deus, se arrepender, e correr para Cristo? Pense nisso. Sua vida está nas mãos de Deus. Seu corpo está em Seu completo domínio. É Ele quem te faz respirar e é Ele quem te tirará a vida, como também será Ele que te trará de volta a vida para o Juízo. Você já pensou sobre tudo isso ou tem zombado da Rocha te sustenta? Reflita!

IV – JUÍZO DAS OBRAS.

Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras. ” Ap 20:12, 13.

Há os livros das obras e o Livro da Vida. Quanto aos primeiros, simbolizam que Deus nos conhece por completo e que Naquele Dia exporá todas as nossas obras e as julgará. Não haverá segredo que não seja revelado. Isso deve nos fazer pensar na tolice da hipocrisia. O que adianta esconder o pecado atrás da falsa religiosidade se Deus tudo conhece e em breve trará tudo a tona? Não é melhor confessar a Deus confiando em Cristo?   Diz-nos Provérbios: “O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia.” Pv 28:13. Todas as nossas obras serão expostas no Juízo. Todavia os pecados dos crentes estarão justificados em Cristo. Lembremos que crentes são os que confessam os pecados em vez de encobri-los. Mas os hipócritas estarão condenados, pois seus pecados serão expostos como não justificados, pois foram encobertos pelo mar da hipocrisia que no final nada adiantará, visto que Aquele que julga conhece nosso coração. O Juízo será o Dia da Verdade. Que todos reflitam.

V – O FIM DO PRESENTE ESTADO DE COISAS E DOS ÍMPIOS.

Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.” Ap 21: 14, 15.

Hoje existe a morte e a espera pela ressurreição. Mas com a vinda do Juízo tudo isso terminará, pois todos terão sido ressuscitados e julgados. Para o crente isso é muito consolador. Ora a morte não é o fim, mas todos em breve estaremos com Cristo em seu Reino tendo nossos corpos glorificados. Mas para o ímpio não há consolo algum. Ora, o ímpio também será lançado no lago de fogo, a segunda morte, junto com o presente estado de coisas. Os ímpios serão lançados no inferno onde sofrerão eterna condenação. Para eles nada melhorará. Para eles não há esperança. Oh amigos, que terrível estado é estar fora de Cristo. Que loucura é desprezá-lo. Que nossa vida hoje possa estar firmada Nele para que tenhamos verdadeira esperança.

VI – JUÍZO PARA AGLÓRIA DE DEUS.

E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.” Ap 20:15.

O Livro da Vida é o livro dos eleitos de Deus que foram salvos em Cristo na mente divina, mesmo antes da fundação do mundo (Ef 1:3-6). Quem não aparecer neste Livro não será salvo, ou dizendo de outra forma, somente os inscritos neste livro é que serão salvos. A salvação não depende em nada dos homens, mas completamente de Deus. Isso tudo significa que o Juízo Final tem o propósito de mostrar a Graça Divina na Salvação dos Eleitos dando com isso toda a Glória a Deus. O que podemos dizer sobre este fato em aplicação a nossas vidas? Apenas que se cremos e nos arrependemos foi porque assim aprouve a Deus. À Ele a Glória. Devemos compreender que se não fosse a Graça de Deus em Cristo absolutamente ninguém seria absolvido Naquele Solene e Terrível Dia do Juízo. Ninguém poderia ter esperança alguma. Mas, louvado seja Deus, existe um Livro da Vida, existem os Eleitos de Deus, existem aqueles pelos quais Cristo morreu. Se você é um crente, regozije-se e seja grato a Deus por isso! Você foi salvo pela Graça e seu nome está escrito neste livro desde a eternidade.

VII – JUSTIÇA PROPORCIONAL.

Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras.” Ap 20:12, 13.

O Juízo será um julgamento das obras. Mas devemos notar que será proporcional a Luz recebida em vida. Observe:

Passou, então, Jesus a increpar as cidades nas quais ele operara numerosos milagres, pelo fato de não se terem arrependido: Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque, se em Tiro e em Sidom se tivessem operado os milagres que em vós se fizeram, há muito que elas se teriam arrependido com pano de saco e cinza. E, contudo, vos digo: no Dia do Juízo, haverá menos rigor para Tiro e Sidom do que para vós outras. Tu, Cafarnaum, elevar-te-ás, porventura, até ao céu? Descerás até ao inferno; porque, se em Sodoma se tivessem operado os milagres que em ti se fizeram, teria ela permanecido até ao dia de hoje. Digo-vos, porém, que menos rigor haverá, no Dia do Juízo, para com a terra de Sodoma do que para contigo. Por aquele tempo, exclamou Jesus: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado. Tudo me foi entregue por meu Pai. Ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.” Mt 11:20-27.

Neste texto vemos tanto a Soberania de Deus na Salvação como a responsabilidade humana em aproveitar ou não a luz dada. Claramente se vê que Deus dá a uns de sua Revelação, e a outros não. Deu mais a Corazim e Betsaida que a Tiro e Sidom. Deu mais a Cafarnaum que a Sodoma. Ao mesmo tempo oculta dos sábios e revela aos pequeninos. Faz tudo conforme o seu agrado. Mas também vê-se aqui a responsabilidade dos que receberam mais e todavia desprezaram. Estes terão mais rigor no Dia do Juízo. Percebe? Assim, temos na Bíblia a luz da criação (Rm 1), a luz da consciência (Rm 2), a luz da Lei do Antigo Testamento (Rm 2), e a Luz do Verbo encarnado (Jo 1). Obviamente há um aumento de iluminação em cada caso. É evidente que Naquele Dia haverá um julgamento levando em conta esta gradação. Apenas serão salvos os que ouvirão de Cristo e Nele creram. Mas a luz da criação sendo desprezada, como é sempre, já condena um homem. Todavia mais responsabilizados serão os que ouviram o Evangelho que aqueles que apenas tiveram a luz da criação. Os que desprezaram o Evangelho, portanto, terão castigo mais rigoroso. Que todos apliquemos a nós mesmos este fato, pois temos ouvido o Evangelho de Cristo. Imagine que se um pagão que nunca ouviu de Cristo será condenado, o que dizer de meus leitores caso estejam sistematicamente desprezando a Palavra de Cristo?

VIII – CONCLUSÃO:


O Juízo será o Dia dos segredos revelados e do julgamento proporcional para a Glória de Deus. No final serão apenas salvos os que em Cristo foram eleitos. Que seja este o caso de todos os leitores deste texto. Que todos creiam e se arrependam enquanto ouvem o Evangelho de Cristo. Que o Senhor seja glorificado em nossa Salvação. Amém!

Pode ser copiado e distribuído livremente, desde que indicada a fonte, a autoria, e o conteúdo não seja modificado!

*Pregação da noite de domingo, 16 de março de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém.

Para os livros do blog clique aqui.

Leitura recomendada:

Um Guia Seguro Para o Ceu - J. Alleine.














Conheça e inscreva-se nas páginas do blog no Youtube e Facebook :

 Create your own banner at mybannermaker.com!

Create your own banner at mybannermaker.com!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)