Gratidão, uma prática que Deus aprecia - Edson Rosendo*

Quando os homens escutam que Deus não tem qualquer obrigação com eles, isso imediatamente causa uma reação adversa. Nem os crentes gostam quando escutam essa verdade. Nada, porém, mais verdadeiro do que isso. Deus não tem qualquer obrigação com homem algum, e tudo quanto faz por eles é meramente por causa de seu favor, misericórdia, condescendência e conselho. Deus é credor de todas as coisas, porém de nada é devedor. É por esse princípio que a gratidão deve brotar de todas as suas criaturas, que são beneficiadas com dádivas e mais dádivas, as melhores, mais providentes e mais prazerosas. O homem que não manifestar gratidão contínua a Deus incorre em grave falta. Jesus certa vez curou dez leprosos, mas apenas um retornou para agradecer, e Ele protestou com veemência: "Não foram dez os curados? E por que somente esse estrangeiro retornou para agradecer?". Sua reclamação foi dupla: (1) pela ausência de gratidão e (2) pela ausência de gratidão de seu próprio povo. Os crentes devem ser os primeiros a andar com os lábios cheios de gratidão diante do Senhor. Hoje esta igreja completa seu 12º ano de instituição. Jesus nos deu sua Palavra, a comunhão, o aconchego fraterno, a provisão para vivermos em santidade, a instrução para edificarmos nossas famílias, a instrução para alcançarmos perdidos, os meios para adorá-lo de modo bíblico e o entendimento de coisas extraordinárias, que tornam os simples mais sábios que seus mestres. Jesus nos deu as condições de adorá-lo todos os dias, sem temor, durante nosso viver. Por tudo isso e por muito mais, manifestamos nossa gratidão a Deus, a Jesus, o Senhor da igreja, por esta igreja local, simples e pequena, mas amada, muito amada.

*Pastor da Primeira Igreja Batista Reformada em Caruaru.

Pode ser copiado e distribuído livremente, desde que indicada a fonte, a autoria, e o conteúdo não seja modificado!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)