Retornado ao Antigo Evangelho - Parte II: A Justificação - Edson Azevêdo.

Meus amados, abaixo está o segundo texto, e o link para a segunda pregação do Pr. Edson, sobre a necessidade da volta ao Antigo Evangelho. Agora é tratada a Doutrina da Justificação. Esta doutrina é totalmente esquecida pelo falso Evangelho predominante hoje nas igrejas. Não deixe de ler o texto e de ouvir a pregação. Peço novamente que o faça com seriedade, e, por amor a sua alma eterna, faça as seguintes perguntas em oração e reflexão: Eu já entendi o que é a doutrina da justificação? Eu já estou justificado diante de Deus, e, portanto salvo, ou não? E se você é pastor pergunte-se: Eu tenho pregado esta doutrina? Meus ouvintes conhecem bem estas verdades?  Clique aqui para também ouvir a primeira pregação, se ainda não o fez. O link para a segunda pregação está abaixo. Que o Senhor seja gracioso com você! Não deixe de divulgar estas pregações e textos!


Como Justificar-se diante de Deus: o mega-problema


A queda no pecado implicou num megaproblema para o homem: tendo-se tornado escória da imundície, como voltar a ser aceitável diante de um Deus santíssimo? A maioria esmagadora dos homens sequer enxerga o megaproblema. Mega porque diz respeito à condenação eterna. Mega porque o homem já nasce condenado. Em nada mudando na sua situação, ele viverá na terra condenado e entrará na eternidade na mesma condição, porém de modo imutável. Mega porque Deus precisa se vingar do homem, por causa da afronta sofrida pelo pecado sofrido deste. Mega porque não há nenhum recurso na face da terra que seja capaz de solucionar a questão. Mega porque só há dois lados: Deus – o ofendido, e o homem – o ofensor. Homens não podem arbitrar; anjos não podem arbitrar; criatura alguma é competente para arbitrar. Ao homem a solução é impossível. Só resta Deus! E Ele providenciou o meio de resolver esse mega-problema: Jesus Cristo (o Deus-Homem), sendo Deus, resolveu o megaproblema, não, porém, como tentativa, mas como certeza. Jesus Cristo recebe sobre si toda a ira do Pai contra o pecado daqueles que passaram a confiar em Jesus, daqueles que são fracos em si, que deixaram de confiar em si, nas suas boas obras, nas suas justiças pessoais. Só Jesus – sendo Deus – pode salvar o pecador da ira de Deus. “Ao Senhor pertence a salvação!”, bradou o profeta Jonas. E o profeta Habacuque afirmou que o justo viverá pela fé, pela confiança em outro, pela confiança em Jesus, o Deus-Homem, eterno Filho de Deus. Glória, pois, a Ele, eternamente, amém!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Exposição de Gênesis 11: O projeto fracassado e o projeto vitorioso!