Indicação de Leitura: A Tentação / A Mortificação do Pecado - John Owen.


Os puritanos viram Deus em toda a Sua santidade, majestade, autoridade e soberania, como também em todo o Seu poder – e portanto o engano, a vileza e a pecaminosidade dos corações humanos. O viver santo não é uma relíquia dos dias dos puritanos, e sim, algo essencial para todos os cristãos em todos os tempos." ("AIM" – Revista da Comunidade Evangélica da Índia, Vol. 28, No. 1) 


Muitos acharão difícil sintonizar-se com alguém que leva tão a sério a santidade de Deus como o faz John Owen, pois o relativismo moral e a inversão de valores que caracterizam a sociedade permissiva têm infeccionado profundamente a Igreja. "Isso, porém, apenas nos mostra a urgente necessidade de recuperarmos aquele sentido de maravilhamento da Pessoa de Deus e das coisas espirituais que permeiam todas as obras deste teólogo profundamente bíblico e teocêntrico." (Dr. J. I. Packer, Regent College, Vancouver, Canadá)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)