Fiel a Deus mesmo num Ambiente Corrupto - Edson Rosendo

Em um ambiente adverso, a primeira coisa a ser exigida do crente é o comprometimento da sua fidelidade a Deus. E é justamente nesse ambiente que a igreja está vivendo nos dias atuais. A multiplicação da iniquidade tem atingido níveis insuportáveis, e parece que os cristãos não estão se municiando adequadamente para enfrentar as situações diárias de tentação. 


A pressão do modernismo, da globalização, da unificação deixa as pessoas cada vez mais obrigadas a aderir ao status quo ditado pelo mundo caído, inclusive os crentes. Por isso que é necessário muita consciência cristã para fazer face a essa avalanche de mundanismo.

A Escritura nos dá conta de crentes que viveram em condições adversas mantendo a sua fidelidade a Deus. Eram irmãos nossos que não abriam mão para pecados, mesmo os menores, e por isso se tornavam capazes para vencer grandes tentações. Eles eram fiéis no pouco, então se tornavam também fiéis no muito. Deus os recompensava maravilhosamente, pois os enxergava como crentes que não tomavam a graça de Deus em vão, mas aproveitavam cada lampejo de luz para se atirarem ao conhecimento do Senhor. Eram crentes em nada comparáveis com os crentes relaxados dos nossos dias, e com a desvantagem de viverem nas sombras da revelação de Deus.

Hoje, na plenitude da revelação, com melhores condições, melhores promessas, na plenitude da luz, não vemos os tais crentes fiéis serem multiplicados, tudo por causa de um desprezo voluntário pela graça do Senhor, e de um relaxamento contumaz pela cultura espiritual [leitura bíblica, oração e culto]. A nossa geração tem sido composta de crentes que mentem e que falseiam a balança, que enganam com conversas, com cheques sem fundos, com dívidas infindáveis na praça. Facilmente foram tragados pelo ambiente adverso e mundano dos nossos dias. Tiveram medo de perder, de sofrer prejuízos e, por isso, aderiram ao modo ímpio de agir, ao modo globalizado de transgredir a lei do Senhor. Mas, em meio a esses, ainda restam aqueles que se mantêm fiéis a Deus mesmo estando num ambiente adverso.

Este sermão é baseado na história do Adolescente Daniel e de sua fidelidade. Foi baseado no capítulo primeiro do livro de Daniel e foi dividido em dois pontos:

1) Daniel manteve sua fidelidade;

2) Deus recompensa Daniel por conta de sua fidelidade.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Exposição de Gênesis 11: O projeto fracassado e o projeto vitorioso!