Uma Breve Biografia de Nehemiah Coxe, por "O Estandarte de Cristo".



Nehemiah Coxe era o filho do líder pioneiro Batista Particular Benjamin Coxe. Assim como seu pai, Nehemiah Coxe deixou-nos um preciosíssimo legado espiritual e teológico, em especial para os Batistas Confessionais, apesar de ser praticamente desconhecido em nosso meio. A obra, escritos e frutos dos esforços deste grande teólogo Batista Particular do século XVII, para a promoção da glória do Senhor Jesus são fontes de ricas bênçãos para nós hoje. Entendemos que para nosso proveito, edificação, firmeza e alegria na fé, e principalmente para a glória de nosso Senhor, a herança de Coxe, como é o caso deste sermão, não deve continuar sendo negligenciada. “Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver” (Hebreus 13:7). 

Em 1669, Coxe entrou para a igreja de Bedford que ficou famosa por John Bunyan, e em 1673 foi chamado para servir como pastor de uma subcongregação da igreja em Hitchin. Em 1674, ele foi censurado pela igreja de Bedford por determinados “erros”. Pode ser que as palavras e as práticas de Coxe estivessem relacionadas com a questão da adesão aberta ou fechada, algo muito debatido na época. Benjamin Coxe defendeu claramente uma posição de membresia fechada em seus escritos publicados, enquanto a igreja de Bedford, e especialmente John Bunyan, resistiam a tal noção com grande vigor. Nehemiah veio a defender esses pontos de vista das pessoas de Bedford, as quais os viam como tendentes a causar rachas e divisões na congregação? Sua aparição na membresia fechada da igreja Petty France, logo após isso poderá nos ajudar a explicar esta situação. 

Em 1675, Nehemiah Coxe e William Collins, dois homens de imensa importância para a história Batista Particular, foram ordenados como co-pastores da igreja de Petty France no mesmo dia. Esta igreja foi uma das sete igrejas de Londres originais que juntas publicaram a primeira Confissão de Londres de 1644/1646. Cada um deles foi tido em alta consideração por seus irmãos, sendo solicitados a produzirem obras teológicas significativas, e seriam, assim, bem capacitados para servir como editores da Confissão de Fé. Coxe morreu em 1688, antes da Assembleia Geral de 1689, na qual a Segunda CFBL foi formalmente adotada como a declaração pública da fé de “vários Pastores, Mensageiros e Irmãos Ministros das Igrejas Batistas”, e de “mais de cem congregações da mesma fé que eles mesmos”. Embora seu nome não foi anexado à Confissão em 1689, ele merece ser mencionado e lembrado ao lado de seu co-ancião em associação a este grandioso documento. 

[...] 

Em 1681, durante um período de perseguição, Coxe publicou a edição original da presente obra, originalmente intitulada A Sermon Preached at the Ordination of an Elder and Deacons in a Baptized Congregation in London [Um Sermão Pregado na Ordenação de um Ancião e de Diáconos em uma Congregação de Crentes Batizados em Londres]. 

[...] 

É um fato claro que Nehemiah Coxe foi tido em alta consideração por seus irmãos, e foi claramente um teólogo notável; prova abundante disso pode ser visto neste maravilhoso sermão, puramente bíblico e precisamente fiel ao ensino extraído da fonte da Verdade, as Escrituras Sagradas. 

Coxe morreu em 1688, antes da Assembleia Geral de 1689, deixando para trás um filho. A vida e obra de nosso mui amado e estimado irmão Nehemiah Coxe ergue-se como um marco e exemplo da doutrina que é segundo a piedade; da constância no amor, na fé e na verdade; e da firmeza inabalável na luta pela verdade de Deus, revelada nas Sagradas Escrituras. Faríamos bem em atentar para o seu exemplo, pois certamente ele foi um imitador de Cristo. Amém! (Hebreus 13:7; 1 Coríntios 11:1; Filipenses 3:17). 

Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, Ao único Deus sábio, Senhor e Salvador nosso, Seja glória e majestade, louvor e honra, domínio e poder, Agora, e para todo o sempre. Amém e Amém! 

 William Teixeira e Camila Almeida EC, 8 de outubro de 2015.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)