Estudo 27 - Juízo Final - O Rico e Lázaro – Meditação em Lucas 16:19-31* - Vídeos, áudios e texto - Manoel Coelho Jr.

Parte I



Baixe o Mp3 clicando aqui. 

Acesse o vídeo clicando aqui.

 Parte II



Baixe o Mp3 clicando aqui. 

Acesse o vídeo clicando aqui.

Texto...

Chegamos a ultima seção de nossos estudos onde falaremos sobre o que ocorre após a morte. A Bíblia mostra uma fase intermediária entre a morte e a ressurreição para o Juízo Final. Desejo introduzir o assunto com esta história que Nosso Senhor contou sobre o Rico e Lázaro mostrando alguns breves pontos que brotam do texto para a nossa reflexão.

1 – A vida de um homem mostra para onde ele irá após a morte.

Ora, havia certo homem rico que se vestia de púrpura e de linho finíssimo e que, todos os dias, se regalava esplendidamente. Havia também certo mendigo, chamado Lázaro, coberto de chagas, que jazia à porta daquele; e desejava alimentar-se das migalhas que caíam da mesa do rico; e até os cães vinham lamber-lhe as úlceras.”Lc 16:19-21.

O Rico era materialista. Vivia pensando apenas no que tinha nesta vida sem se preocupar sequer um pouquinho com a vida após a morte, ou com o Reino de Cristo. Era um esbanjador. O seu deus era o seu dinheiro. Também pouco se importava com o mendigo que desejava suas migalhas. Para muitos a riqueza deste homem mostraria que era um abençoado de Deus. No entanto já estava completamente reprovado pelo Altíssimo, pois não amava a Deus nem ao próximo. Era um ímpio.
Já o mendigo Lázaro nada tinha que pudesse atrair aos homens. Era muito pobre e doente, mas ao morrer foi para o Céu, o que demostra que era aprovado por Deus. Era um servo do Senhor e salvo por Cristo. Naturalmente que, ao contrário do Rico, Lázaro vivia não para esta vida, mas para o Reino de Cristo.

Diferenças no viver...

Um era amante do dinheiro e aborrecia a Deus. O outro amava a Deus e não vivia para este mundo, mas para o Reino de Cristo. Era um crente. O primeiro caminhava para o inferno e o segundo para o Céu. Em que caminho estamos?

2 – Um homem morre de acordo com a forma em que viveu.

Aconteceu morrer o mendigo e ser levado pelos anjos para o seio de Abraão; morreu também o rico e foi sepultado.” Lc 16:22.

Como um homem vive assim ele morre. Lázaro vivia para Deus e dessa forma morreu consolado. Os anjos vieram buscá-lo. Já o Rico vivia para este mundo e na sua morte nada se fala sobre anjos. Não houve nenhum consolo para o Rico. Podemos concluir que ele morreu em grande desespero. Seria bom estudarmos a diferença entre a morte do justo e do ímpio nas Escrituras. Nas suas leituras bíblicas observe como morreram os patriarcas, Moisés, Davi. Observe também como Paulo e Pedro falavam da morte. Esses eram homens justos e mencionavam a morte de forma consoladora e assim morreram. Por outro lado observe a morte de homens como Acabe, Herodes e Judas. Todos homens ímpios que não tinham esperança, mas medo, e morreram assim, ou seja, sem esperança e em terror.  
       
Diferença ao morrer...

O Rico vivia para esta fase da existência apenas. Terminada esta vida nada ele tinha para o pós-morte. Morreu em desespero. Já Lázaro nada tinha nesta vida, mas era rico em relação a Deus. Ao morrer foi levado pelos anjos para o Reino do Pai. Morreu consolado. Como morreremos?

3 – o Céu e o Inferno.

No inferno, estando em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe a Abraão e Lázaro no seu seio. Então, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim! E manda a Lázaro que molhe em água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro igualmente, os males; agora, porém, aqui, ele está consolado; tu, em tormentos. E, além de tudo, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que querem passar daqui para vós outros não podem, nem os de lá passar para nós.” Lc 16:23-26.

Lázaro morreu e foi levado pelos anjos para o Céu. Lá só experimentou o consolo sem o mínimo de sofrimento. Já o Rico morreu em desespero e se viu no Inferno, onde nem um pouco de água na ponta do dedo lhe concediam. O rico tinha apenas tormentos sem o mínimo consolo.

Diferença após a morte...

O Justo ao morrer deixe de sofrer experimentando apenas a alegria eterna na presença de Deus. Já o Rico deixa de gozar a boa vida de suas riquezas e passa a sofrer sem nenhum consolo. Enquanto se está nesta vida há um misto de alegria e sofrimento. Mas quando se morre ou se está em pleno gozo sem nenhum sofrimento no Céu, ou se está em terrível sofrimento sem nenhum consolo no Inferno. Para onde iremos após a morte? Qual será nossa situação? Estaremos plenamente consolados ou em tormento absoluto?

4 – O valor das Escrituras.

Então, replicou: Pai, eu te imploro que o mandes à minha casa paterna, porque tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de não virem também para este lugar de tormento. Respondeu Abraão: Eles têm Moisés e os Profetas; ouçam-nos. Mas ele insistiu: Não, pai Abraão; se alguém dentre os mortos for ter com eles, arrepender-se-ão. Abraão, porém, lhe respondeu: Se não ouvem a Moisés e aos Profetas, tampouco se deixarão persuadir, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos.” Lc 16: 27-31.

O Rico ficou preocupado com seus irmãos. Não queria que eles fossem parar também naquele lugar de tormentos. Todavia  Abraão deixa claro que era preciso ouvir a Bíblia para conhecerem toda a verdade sobre o destino eterno, e que se não a ouvissem não haveria esperança alguma. Assim fica claro que um homem precisa ouvir as Escrituras para que conheça a Cristo e seja salvo, pois elas é que “podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus” II Tm 3:15.

Diferença que baseia as demais diferenças...

Se um homem não ouve a Bíblia ele não conhece a Cristo e vive apenas para este mundo. Por isso morre sem esperança e vai para o Inferno. Mas se um homem ouve a Bíblia ele crê em Cristo e passa a viver para o Reino Eterno. Dessa forma ele morre consolado e vai para o Céu. Qual o seu caso? Você tem ouvido as Escrituras?  

-- Pode ser copiado e distribuído livremente, desde que indicada a fonte, a autoria, e o conteúdo não seja modificado!

*Estudo ministrado das noites dos domingos, 30 de março e 6 de abril de 2014, na Congregação Batista Reformada em Belém.

Para os livros do blog clique aqui.

Leitura recomendada:

Um Guia Seguro Para o Ceu - J. Alleine.
















Conheça e inscreva-se nas páginas do blog no Youtube e Facebook :

 Create your own banner at mybannermaker.com!

Create your own banner at mybannermaker.com!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição de João 10:1-18 - Jesus é o Bom Pastor (Texto e áudio) - Manoel Coelho Jr.

Meditações em Gênesis 22: A prova suprema da Fé de Abraão* - Manoel Coelho Jr.

Estudo em Gênesis 3 (Primeira parte)